quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Especial Planeta Terra Festival: O Indie Rock Polêmico e Envolto a Críticas dos Britânicos da Kasabian!


O Planeta Terra já está chegando, e junto com ele, aquela ansiedade para ver a sua banda favorita do line-up tocando. O Kasabian já esteve no Brasil em 2007 e retorna nessa edição do festival, após cinco anos, agora com quatro álbuns no currículo e mais canções acrescentadas no setlist de seu show. Bom para nós, que esperamos tanto tempo para reencontrar a banda, não é mesmo?

O Kasabian hoje é uma das bandas mais influentes no cenário do indie rock britânico. Mas antes de possuir esse nome, antendia como Saracuse. O nome atual veio assim que começaram a fazer sucesso, quando o ex-guitarrista Chris Karloff achou que o nome de Linda Kasabian (uma das participantes da seita de Charles Manson - o mesmo que inspirou o nome de Marylin Manson) era algo legal de se pronunciar, e conseguiu convencer o restante do grupo a usá-lo.

O primeiro álbum teve sua estreia em 2004, intitulado com o nome da banda, e ganhou capas diferentes em diversos países: a versão britânica vinha em preto e branco, enquanto a do Japão continha as cores prata e branco. O disco recebeu boas críticas, o que fez com que a banda já garantisse presença no Glastonbury Festival (evento respeitadíssimo e consagrado que existe desde 1970) do ano seguinte. "Reason is Treason" é escolhido como primeiro single para iniciar os trabalhos de Kasabian  ("Processed Beats" já havia sido lançada como demo, mas "Reason is Treason" foi lançada como primeiro single oficial). 



Com "Club Foot", o Kasabian despontou de vez nos charts, sendo eleita pela revista NME como uma das 150 melhores canções dos ultimos 15 anos. O single acabou ganhando um clipe polêmico, com referências a intervenção do governo soviético na revolução húngara, e homenagem ao estudante checo Jan Palach, que cometeu suícidio em protesto político. Esse seria o primeiro, de vários videos da banda que trariam críticas a governos, meios políticos e guerras.



Em 2006, Empire é lançado como o segundo álbum da banda, alcançando rapidamente o número um nas paradas britânicas. O single de mesmo nome, obteve um videoclipe nos mesmos moldes de "Club Foot", apresentando uma mensagem anti-guerra e mostrando a destruição causada pelos ataques. No mesmo vídeo, podemos ver a ligação com o segundo single de Empire, onde temos um mensageiro, que na tentativa de entregar um recado para a banda, acaba sendo baleado ("Shoot The Runner").




Apesar de ter sido citado no clipe de "Empire", "Shoot The Runner" não é uma continuação do clipe anterior. O vídeo, dirigido por Alex & Martin ("Seven Nation Army" dos White Stripes), ganhou uma estética parecida com "Go With The Flow", do Queens of The Stone Age, não apresentando nenhuma manifestação política videoclíptica dessa vez.



Após a má divulgação do EP Fast Fuse (2007), West Ryder Pauper Lunatic Asylum chega em 2009 como o terceiro álbum de inéditas do Kasabian (tendo as faixas do extended play inclusas em seu tracklist), e é o primeiro álbum totalmente escrito pelo guitarrista Sergio Pizzorno após a saída do principal compositor do grupo, Christopher Karloff, que havia deixado a banda durante o processo de gravação do álbum anterior. O nome do disco vem de uma instituição que tratava doentes mentais na Inglaterra em 1880, e a capa do cd mostra a banda fantasiada, se olhando no espelho, prontos para irem para a festa no manicômio. 





Embora "Fire" tenha sido escolhido como o primeiro single de West Ryder,  foi "Vlad The Impaler" quem abriu os trabalhos do novo cd. A música foi disponibilizada para download gratuito antes do lançamento do álbum, e estreou duas versões em vídeo, uma com imagens de um show da banda, e o outro na versão trash estrelada pelo comediante Noel Fielding, interpretando o papel de Vlad, mais conhecido como: Conde Drácula. A canção é um tributo ao ator Heath Ledger, e por muitas vezes durante as perfomances ao vivo o vocalista Tom Meighan muda a estrofe com o nome do personagem "Joker, meet you on the other side" e cita o nome do próprio ator no lugar.



Em 2011 Velociraptor! é lançado como o quarto e mais atual disco do Kasabian. A faixa "Switchblade Smiles" foi apresentada como single promocional em uma ação onde podia ser adqurida gratuitamente por aqueles que tinham optado por comprar o álbum na pré-venda. "Days Are Forgotten" seguiu os trabalhos de divulgação do cd e ganhou um clipe animado em preto e branco onde podemos ver os instrumentos da banda desenhados por um lápis. O álbum foi o terceiro disco do Kasabian a alcançar a primeira posição na parada britânica.



O Kasabian ainda não começou a trabalhar no sucessor de Velociraptor!, mas em recente entrevista, o vocalista Tom Meighan deu a entender que o compositor e guitarrista Sergio Pizzorno já estaria trabalhando em novas composições para a banda. 



COMUNICADO: Devido a doença de Sergio Pizzorno, o Kasabian teve que cancelar os shows que fariam no Chile e na Argentina, mas a boa noticia é que a apresentação da banda no Planeta Terra Festival no Brasil segue confirmadíssima :D

Planeta Terra Festival 2012
Data: 20 de outubro de 2012
Local: Jockey Club, São Paulo.
Site Oficial: http://musica.terra.com.br/planetaterra
Rádio oficial: http://sonora.terra.com.br/planetaterra
Hashtag oficial: #planetaterra2012
Facebook Oficial: http://www.facebook.com/planetaterrafestival
Twitter oficial: @planeta_terra

Ingressos:
Valores:
Lote 1: R$ 240 / R$ 120 meia (ESGOTADO)
Lote 2 : R$ 290 / R$ 145 meia (ESGOTADO)
Lote 3: R$ 330 / R$ 165 meia

Para obter informações sobre pontos de venda, acesse o link: http://www.livepass.com.br/pontos-de-venda/

Não será permitida a entrada de menores de 18 anos no Festival, nem acompanhados por maiores de idade.

Bilheteria oficial:
(sem cobrança de Taxa de Conveniência)

Estádio do Morumbi - Bilheteria 2
Endereço: Praça Roberto Gomes Pedrosa, S/N - Morumbi
Horário de Funcionamento: de segunda a domingo - das 10h00 às 18h00
Dias de Jogos/Shows: fechado
Formas de pagamento: dinheiro, cartões de crédito Visa, Mastercard, Diners, Amex e cartões de débito Visaelectron e Maestro