sábado, 9 de março de 2013

Nicole Scherzinger Paga de Nerd na Capa da Bliss de Abril!



Na nova edição da revista britânica Bliss, Nicole Scherzinger fala sobre os tempos de colégio, revela que tinha fama de chorona (o apelido dela era Nicole Cry Baby, rs) e dá uma bronca em Simon Cowell por não ter lhe dados os devidos créditos pela formação do One Direction, já que foi dela a ideia de formar a boyband quando participou do The X Factor Uk ainda como jurada convidada: "Simon ficou com todo o crédito! Eu não o queria por completo, uma pequena porcentagem talvez (Risos). Lembro de vê-los e dizer: "Eles são realmente adoráveis, as meninas vão amá-los." Mas eles ainda não eram fortes o suficiente para encarar tudo sozinhos, então eu disse: "Vamos colocá-los juntos!". Eles eram realmente jovens para lidar com a fama, mas pegavam tudo com bastante facilidade. É importante ter o suporte de pessoas a sua volta. Você permanece fundamentado e grato, aproveitando ao máximo e não levando tudo tão a sério".

Sobre a trilha sonora de sua vida, Nicole disse que guarda uma música para cada momento importante: "Eu tenho trilha sonora para tudo, onde quer que eu esteja, para tudo que me inspira. Minha trilha para correr por exemplo, vai desde "Mercy" do Kanye West, passando "Let Me Love You (Until You Learn To Love Yourself)" do Ne-Yo, além de claro, algumas das minhas canções".

Pra fechar, Schermazing respondeu as rapidinhas do BEST bits dizendo qual é a melhor maneira para se livrar dos valentões da escola: "Acho que nesses casos a melhor opção é falar com seu irmão mais velho e pedir para ele ter uma conversinha com eles. Do contrário, peça ajuda a algum adulto". Já para mostrar para aquele garoto que você gosta o que ele está perdendo, a melhor pedida é se mostrar feliz e confiante: "O segredo é ser feliz e se amar. Apenas isso! Não se importe ou seja dependente do que os outros pensam de você". Encerrando a entrevista, Nicole revelou qual é a melhor canção para ouvir e se sentir bem: "Titanium" do David Guetta feat. Sia e "Run The World (Girls)" da Beyoncé. São canções realmente poderosas". Só faltou citar "Boomerang", né sua linda!