segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Presa Por Sonegação Fiscal, Lauryn Hill Sai em Condicional e Levanta a Voz Contra a Corrupção em "Consumerism"!



Após passar quase três meses presa em regime fechado por sonegação fiscal, a cantora Lauryn Hill (do extinto grupo The Fugees), foi liberada de seu cárcere na última sexta-feira (04). A cantora, aclamada pela crítica desde o lançamento de seu primeiro e único álbum de estúdio, o The Miseduction of Lauryn Hill (do hit "Doo-Woop (That Thing)"), lançado em '98 e responsável pela venda de mais de 18 milhões de cópias em todo o mundo, rendendo a cantora nada menos que cinco Grammys, dentre eles o de álbum do ano, divulgou, na ocasião de sua soltura, sua mais nova música.

Sem compartilhar de novos materiais desde 2002, quando lançou o derradeiro MTV Unplugged No. 2.0, Lauryn celebra sua saída da prisão com "Consumerism". Na faixa, a cantora dispara sua já conhecida verborragia por todos os lados, atacando principalmente políticos corruptos e gananciosos, além de todo e qualquer tipo de preconceito: "Senti a necessidade de discutir o contexto sócio político, paradigma cultural como eu o vi. Não tenho sido capaz de assistir as notícias recentes, então eu não ando feliz com tudo o que acontece. Mas a inspiração para isso é de alguma forma uma notícia e muitas vezes contém uma urgência que procede o que acontece" afirmou.

Lauryn também confirmou que a música foi finalizada enquanto ela ainda estava na prisão, através de e-mails trocados com sua equipe. Presa por sonegação de impostos, que, desde 2005, acumularam um total de quase 2 milhões de dólares em dívidas ao estado, Lauryn assinou no início do ano um novo contrato com a sua antiga gravadora, a Sony Music, e pretende lançar ainda este ano seu segundo álbum de inéditas sob o título de Letters From Exile: Part 1. Ouça "Consumerism":