quinta-feira, 20 de março de 2014

"Not A Bad Thing": Casal Noiva ao Som de Música do Justin Timberlake e Vira Peça-Chave de Seu Novo Clipe!



Pensou que a divulgação do The 20/20 Experience tinha acabado em "TKO". É, nós também (e acho que metade do mundo /sic). Mas assim como quem não quer nada, eis que Justin Timberlake surpreendeu a todos na manhã desta quinta-feira (20) ao lançar no programa da mais famosa adepta do selfie, a apresentadora Ellen Degeneres, o clipe de seu mais novo single, a baladinha morgação "Not A Bad Thing".

Completamente diferente dos clipes divulgados para os singles da primeira parte do álbum, que tiveram como característica principal toda uma linearidade fotográfica embasada no contexto retrô-chique do projeto, os vídeos da 2 of 2 seguem por um caminho completamente diferente e particular, seja com relação ao disco em si ou a eles mesmos.

Todo em preto e branco, o clipe de "Not A Bad Thing" é aquele tipo de vídeo que você só assiste uma vez, tendo em vista sua auto-explicação quase que óbvia (antes de assistir já dá meio que pra saber tudo que vai acontecer), fazendo com que não tenhamos o mínimo de trabalho para decifrar qualquer tipo de informação. Editado como uma espécie de mini-documentário musical, o clipe conta a história de um casal que firmou um laço de compromisso (vulgo noivou) ao som da faixa em questão e logo em seguida disponibilizou o vídeo do "acontecimento" na internet.

Não achei lá grande coisa, mas um dos fatores que fez com que Justin escolhesse fazer um vídeo para essa música, com esse tema e enredo foi que, quando uma pessoa se propõe a expor o seu amor em público, ela meio que inspira todos aqueles que estão em volta. Agora já gostei! Apesar de odiar clipes com depoimentos (até porque quando tô vendo na tv quero aumentar no último volume e me jogar ao som da música e não de gente falando), este em especial necessitava de algo para sustentar seus cinco minutos de duração que se tornariam enfadonhos caso tivessem como único enfoque apenas a busca do casal que noivou ao som da música do JT.

Num balanço geral, o clipe, como a própria música já diz, até que não é uma coisa tão ruim. Dá pra chamar a mãe, o namorado, a secretária do lar e até o primo homofóbico pra assistir junto e se inspirar com todo o amor. Dois segredinhos do vídeo que eu acho que já rola entregar são: 1. O Justin não está nele; e 2. Essa história não termina por aqui. Assista: