quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Mais Quente Que o Inferno: Jennifer Lopez Sobe, Desce Empina e Rebola em Performance de ''Booty'' no Fashion Rocks!



Demorou, mas Jennifer Lopez parece ter finalmente dado início aos trabalhos de divulgação de seu oitavo álbum de inéditas, o A.K.A., lançado em junho passado pela Capitol Records. Depois do fraco desempenho da genericamente urbana "I Luh Ya Papi" e da baladinha meia boca "First Love", J.Lo resolveu meter as caras no farofão eletrônico "Booty" e, olha, depois que a fia divulgou a faixa como terceira música de trabalho oficial do disco, as coisa estão dando BEM certo pra ela. "Booty", que, originalmente (leia-se: na versão do disco), conta com a participação do rapper Pitbull, sendo essa a sexta colaboração de Mr. Worldwide e Jenny From The Block, ganhou novos ares (e glúteos) após a confirmação de Iggy Azalea na segunda versão da faixa que está sendo comercializada como single.

Em junho passado, o Vestiário publicou um artigo falando sobre o conflito de informações/identidade a respeito do novo álbum de Jennifer (o que, com toda certeza, acarretou nas baixas vendas que fizeram deste o pior debut de sua carreira #BritneyJeanFeelings). O que aconteceu foi o seguinte. Durante as entrevistas de divulgação do álbum, Lopez informava que o A.K.A. (previamente intitulado Same Girl) se tratava de um registro que falava essencialmente sobre o amor (como uma espécie de sequência indireta do Love?), porém, seu conteúdo (capa, encarte, músicas...) divergia completamente desta informação, tendo sexo, poder e ostentação como carros-chefe de sua divulgação. Daí pra credibilidade artística da fia ir pro saco não demorou muito, né gente?

É, mas, de acordo com informações preliminares, eu não fui o único a ler esse artigo não, tá? É, porque já rola a boca miúda que a Jennifer deu uma zapeada por lá e FINALMENTE caiu em si quanto a real temática de seu álbum. A prova disso foi a performance avassaladorada da cantora no The Fashion Rocks, que rolou na noite desta terça-feira (09) em Nova Iorque. Sem Pitbull e tampouco Iggy Azalea, J.Lo simplesmente estraçalhou cantando completamente ao vivo e, o melhor de tudo, com uma coreografia matadora toda cheia dos detalhes. Transpirando sexo, a fia apostou num figurino à la dominatrix e mostrou que também é chegada num sadomasoquismo (mas beeeeem de levinho) com direito a tapinhas no bumbum e muito esfrega-esfrega. É Jennifer Lopez em sua melhor forma (MESMO)!