quarta-feira, 17 de agosto de 2016

5INCO: Coisas que a gente já sabe sobre "Perfect Illusion", #LG5 e o comeback de Lady Gaga!



1m. Perfeita ilusão
A Mãe Monstro tá de volta! Depois de ver a sua obra prima de arte musical contemporânea, também conhecida como ARTPOP, descer ladeira abaixo após o boicote de sua gravadora, a fia marca o seu retorno à música pop, após uma longa temporada de depressão pós-flop onde submergiu quase que completamente ao jazz, com "Perfect Illussion", single que, ao que tudo indica, assina como carro-chefe de seu quarto álbum de inéditas em carreira solo (quinto se contarmos com o EP Monster).
2ois. Quando chega?
Entre os dias 1 e 30 de setembro. É, mas se os boatos de que a hitmaker de "Applause" se apresentará na abertura do Video Music Awards 2016, que acontece no próximo dia 28 de agosto (e contará também com o comeback de Britney Spears, que não se apresenta desde 2007 em sua própria premiação), se confirmarem, "Perfect Illusion" poderá chegar aos nossos ouvidos em sua versão de estúdio já no início do mês.
tr3s. Quem está por trás?
A Billboard americana confirmou através de uma fonte que a faixa tem a sua produção assinada pela própria Stefani, que divide os créditos com ninguém menos que Mark Ronson ("Rehab", "Hurt"), Michael Diamond - também conhecido como Blood DiamondsBlood Pop ou simplesmente Blood - ("Sorry", "Go") e Kevin Parker, vocalista da banda Tame Impala. Em maio passado, Mark publicou em sua conta no Instagram uma imagem onde podemos ver Gaga, Blood e Nick em estúdio com direito a uma legenda pra lá sugestiva. No longer confirmation needed, né mores?.

Uma foto publicada por Mark Ronson (@iammarkronson) em

qu4tro. #LG5 (que na verdade é 4)
Além dos produtores supracitados, o aguardadíssimo sucessor do Born This Way poderá (uma vez que ela entrou em estúdio com todos eles, mas, cês já sabem como a Interscope costuma trabalhar, né?) contar ainda com o parceiro de longa data de Gaga, RedOne ("Poker Face", "Judas"), o guitarrista do Jota QuestNile Rodgers ("Get Lucky", "Telepathy"), o DJ da terceira idade Giorgio Moroder ("Tom's Diner", "Right Here, Right Now") e a compositora recordista em números de canções simultâneas no Hot 100 da Billboard interpretadas por artistas diferentes , Diane Warren ("Til It Happens To You", "There You'll Be"). Fazendo um balanço da identidade sonora de cada um desses artistas, o #LG5 tem tudo para soar como algo retrô, orgânico, guitarrado e eletrônico, ou seja, uma miscelânea pop da melhor qualidade que eu não só gosto como quero na minha mesa antes de você terminar de ler esse post!
5inco. Anjo do caos
E, se no período que antecedeu o lançamento do ARTPOP, Gaga chegou a fazer uma tatuagem com o título do registro para divulgá-lo em suas redes sociais e marcar a chegada daquela que seria a maior derrapada de sua carreira em seu corpinho, dessa vez a fia optou por fazer o uso de hashtags mesmo, uma vez que ela ainda pretende lançar vários álbuns ao longo de sua carreira e, se continuasse assim, ia acabar virando uma versão humana e ambulante do Spotify. Apesar de ainda não termos uma confirmação oficial por parte da cantora, um dos termos que ela mais publicou, especialmente em seu Instagram, ao longo de todo o período de concepção do disco, atende pelo nome de Chaos Angel (que em tradução livre seria algo como anjo do caos). E aí, será que esse é o título do mais novo álbum de inéditas da mãe dos Little Monsters? Olha, eu não sei, mas que eu já tô prevendo um verdadeiro apocalipse pop começando em 3, 2, 1... isso eu tô!