terça-feira, 2 de agosto de 2016

G-Eazy é a caça (e o fantasma) em "Saw It Coming", mais um clipe da trilha de Ghostbusters!



Caça-Fantasmas já tá virando um assunto recorrente aqui no blog, né gente? Mas também, com uma equipe de marketing maravilhosa como a deles, é praticamente impossível qualquer coisa passar batido. É, porque já faz tempo que eu não vejo um filme investir tanto na sua trilha sonora enquanto ferramenta de divulgação, ainda mais quando o assunto é vídeoclipe, até porque, música e álbum quase todo mundo lança, agora clipe no rodo não é pra qualquer um, não!

Se vocês viram o post do vídeo de "Girls Talk Boys" do 5 Seconds Of Summer, que, juntamente com "Good Girls" da Elle King, também integra a trilha do longa, devem lembrar que, lá no final, eu faço um apelo para que, caso fossem lançados outros clipes pra dar aquele empurrão na divulgação do filme (que já ultrapassou o seu orçamento em pouco mais de 20 milhões de dólares ), "Saw It Coming" do G-Eazy em parceria com o Jeremih deveria ser levado em consideração. E ele foi! Sim, os produtores do filme leram o post (N) e atenderam as minhas preces.

De longe o melhor vídeo de todos que foram lançados até agora, "Saw It Coming" não apresenta G-Eazy como um ghostbuster, mas sim como um fantasma em pessoa (ou em espírito, sei lá). O que eu sei é que no clipe tem muita gente correndo numa espécie de centro de comércio popular (aqui na minha cidade tem um chamado Beco da Poeira, rs) e o fio tá lá caído no chão com cara de quem passou a noite farreando. E acho que não é só a cara não, porque, não muito depois, ele começa a vomitar como se não houvesse amanhã. Tá, não é bebida, é slime, mas o importante é que ele vomita. O lance é que o cara foi possuído e, pro azar dele, uma caça-fantasma recebe instruções de uma vidente que revela a sua exata localização através de sua bola de cristal (que tá mais pra Google Street View, porque olha...). Com a caça-fantasma a caminho, Eazy faz o que pode para tentar se livrar do espírito opressor. Sem sucesso, o mesmo se revela num final épico e digno de tela grande. Sério, os efeitos tão demais. Ah, o Jeremih também tá no clipe. Assista: