domingo, 25 de setembro de 2016

Precisamos falar sobre o espetáculo de Britney Spears no iHeartRadio Music Festival!



Ela foi de Princesa do Pop a Rainha de Vegas. É assim que Britney Spears é anunciada no primeiro show off-Piece Of Me, sua residência na Cidade do Pecado, onde está instalada desde dezembro de 2013. Funcionando como uma espécie de pontapé inicial para uma série de shows que ela fará ainda este ano, a hitmaker de "Make Me" fez dessa uma estreia digna de seu nome. Começando por uma entrada triunfal ao som de "Work Bitch". Nela, Britney Spears e um exército de dançarinos surgem em meio a platéia de maneira apoteótica e se dirigem ao palco do T Mobile Arena, ainda em Vegas, enquanto o mundo desaba à sua volta. É, porque, eles passaram por um corredor mínimo, pertinho da galera, tanto que, quem arriscou (ou será que devo dizer ousou?) esticar o braço para tocar o manto sagrado da Princesa do Pop, conseguiu.

Já no palco, Britney se desfaz de seu quepe e vestido (que devem ser utilizados em futuras apresentações no Oriente Médio), para dar lugar a um micro look que logo nos remeteu a dois de seus trajes mais icônicos: o da performance de "I'm A Slave 4U" no VMA de 2001 e o da capa da coletânea Greatest Hits de 2003. E o que era aquele cabelo? Só mesmo Spears pra fazer da clássica maria-chiquinha algo sexy e despojado. "Womanizer" veio na sequência, porque né? É sempre bom começar jogando um #1 na cara pro povo saber com quem tá lidando. A apresentação do carro-chefe do Circus foi uma das melhores em termos de performance.


É aqui a My Prerogative World Tour?

Para "I'm A Slave 4U", Britney substituiu o pole dance utilizado em sua residência pelo braço sarado de um de seus dançarinos. Ela subiu, desceu, empinou e rebolou ao som dessa, que é simplesmente a melhor versão ao vivo da faixa. Toda soltinha, a fia sensualizou, se divertiu e pagou de lolita. Sério, acho que essa é uma das apresentações onde ela tá mais jovem e sedutora. O potencial novo single do Glory, "Do You Wanna Come Over" deu sequência ao show precedido pela sua primeira interação com o público: E aí pessoal! Como vocês estão se sentindo? Eu quero dividir uma canção com vocês, então, cheguem mais; fazendo uma clara alusão ao título da canção. Pelo que a gente viu até agora nas apresentações de "DYWCO", a faixa deve ganhar um dos clipes mais enérgicos e descontraídos da carreira de Spears.

O último bloco da residência foi quase que completamente replicado, com Britney performando "Toxic", "Stronger" e "(You Drive Me) Crazy" na sequência de maneira vigorosa. Sério, ao final a fia tava pingando de suor e bufando no microfone. Pra quem tava pedindo performance, toma! Encerrando o show com chave de ouro, Spears recebe G-Eazy ao vivo no palco para uma apresentação bem mais acertada de "Make Me". Sabe aquela primeira performance televisionada da faixa no VMA? Tava faltando algo ali, certo? Bem, era o esquadrão de dançarinos de Britney! É, porque, aqui, a apresentação ganhou ares monumentais, uma vez que sua coreografia, apesar de não parecer tão interessante numa performance solo, se torna grandiosa quando apresentada por um corpo de bailarinos. O que a gente queria ver no VMA, bem ali, diante dos nossos olhos


Dessa vez eu fiz até aah, quem dirá ooh #GemendoComAsVogais

Com direito a um uhull, Britney se despediu do palco do iHeartRadio Music Festival após meia hora de um show realmente épico. Sem pontos baixos, a performance era o esquenta que a gente tava precisando pra se animar ainda mais para as próximas apresentações off-residência da Rainha dos Festivais, que acontecem nos dias 27 de setembro no Apple Music Festival em Londres e 10 de dezembro no B96 Pepsi Jingle Besh em Chicago. Aproveitando sua passagem pela Terra da Rainha, Spears participará do programa The Jonathan Ross Show, onde concederá uma entrevista e realizará uma performance exclusiva que irão ao ar em 1º de outubro. Se isso não é divulgação eu não sei mais o que é!