Imagem

Perdeu tudo? Ministério Público cobra 17.2 milhões e quer Shakira atrás das grades.

A gente tá de cara! O Ministério Público espanhol tá fazendo a linha Seu Barriga na porta da casa da Shakira cobrando 14 meses de aluguel nada menos que 14.5 milhões de euros que eles alegam que a cantora está devendo.

A fortuna da Shaka é estimada em $300 milhões de dólares, então 14.5 milhões de euros pra ela não é lá essas coisas, mas se fosse a gente nessa situação, especialmente com a cotação do dólar e do euro vezes 5 se comparada ao real, nós apareceríamos exatamente como nessa imagem do clipe de "Whenever Wherever" pro juiz ter pena da gente e anular essa cobrançaiada toda.
Detalhe que esse valor que o Ministério Público espanhol tá cobrando é equivalente aos anos de 2012, 2013 e 2014, ou seja, sempre é tempo de cobrar aquele parente que pediu dinheiro emprestado e não pagou ou mesmo aquela vizinha que comprou R$200 reais na sua revista da AVON, recebeu os produtos e sempre finge que não tá em casa quando você vai lá cobrar.

A Shakira até rejeitou um acordo com a MP porque, segundo ela, não tem pendência nenhuma com eles. Na verdade, ela já teria pago os 17.2 milhões de euros e ficado que nem essa imagem abaixo do clipe de "La Tortura" pra se recuperar do rombo que o Tesouro deixou na sua conta bancária. Detalhe que agora eles estão exigindo o valor corrigido com multa, totalizando 24 milhões de euros e de brinde ainda querem que a Shakira tire 8 anos e 2 meses de férias na cadeia. Eita!
Como a gente não é bobo nem nada, já ligamos pra Shakira e demos alguns toques. O primeiro foi aproveitar que ela se garante na dancinha do robô pra fingir que é uma Inteligência Artificial e não ter que pagar o imposto ou tampouco ser presa.
Caso isso não dê certo, o jeito é aproveitar a primeira carona em alguma nave espacial e fugir com os extraterrestres pra outro planeta, mas não sem antes fazer uma dancinha pra postar no TikTok e mostrar que, assim como no Brasil, a sonegação de impostos também pode viralizar em outras dimensões. Abafa!

0/Publique um comentário/Comentários

Voltar ao início