22/11/2014

Marcadores: , ,

#PromoOfTheWeek: Dobradinha Ariana Grande Valendo Single de ''Problem'' e My Everything Deluxe!



Apesar de não parecer, 2014 já está chegando ao fim! Parece que foi ontem que celebramos a chegada do novo ano e abraçamos aquele monte de gente falsa, né gente? E, com as festas de final de ano cada vez mais próximas, a nossa vontade de sair por aí distribuindo presentes pra todo mundo fica cada vez maior.

É, mas como ainda não somos um Papel Pop da vida, nos contentamos em presentear nossos leitores com mimos esporádicos, mas que a gente sabe que vocês simplesmente adoram. E, por este se tratar do nosso último #PromoOfTheWeek do ano (mas calma que ainda temos algumas surpresas no saco pra dezembro), resolvemos fazer algo especial.

Em parceria com a galera do fã-site Ariana Grande Brasil, vamos sortear não um, mas DOIS CDs (sendo um single de "Problem" - com, pasmém, NOVE faixas - pra galera do Twitter e uma cópia da edição deluxe do My Everything - incluindo hits como "Break Free", "Love Me Harder" e "Bang Bang" - pro pessoal do Facebook, ambos cortesia da Universal Music Brasil). Pra participar, como sempre, é mais fácil que dar o fora naquele seu namorado problemático (até porque você terá one less problem without him).

Pra concorrer ao single de "Problem":

Siga os perfis do @DataClipe e do @SiteAGBrasil no Twitter:

Tweet a frase: "Eu quero o single de "Problem" da Ariana Grande que o @DataClipe e o @SiteAGBrasil estão sorteando http://sorteia.eu/bxd"

Pra concorrer ao My Everything:

Curta as páginas do Data Clipe e do Ariana Grande Brasil no Facebook:



Curta e compartilhe a imagem promocional em modo público:

http://on.fb.me/1AzZMU7

Clique no link a seguir e logo em seguida em Quero Participar:

http://bit.ly/1xP5LU0

E pronto, você já está concorrendo! Vale lembrar que por aqui não tem essa de território nacional. Se você é leitor do Data Clipe e do Ariana Grande Brasil e tem residência fixa em qualquer parte do planeta basta se jogar nos passos acima e cruzar os dedos. A desclassificação se dará apenas para o participante que não seguir fielmente cada uma das etapas de participação acima. O sorteio acontece no domingo (30). Boa sorte!



21/11/2014

Marcadores: , ,

Esqueceram de Mim: Beyoncé Aproveita Que Tá Sozinha em Casa e Faz a Festa no Clipe de ''7/11'' + Stream do Platinum Edition na Íntegra!



E não é que a Beyoncé tá começando a ficar especialista nesse negócio de lançamento surpresa de final de ano? Depois de movimentar toda a indústria fonográfica no final de 2013 com o lançamento de seu quinto e auto-intitulado álbum de inéditas, eis que a fia resolveu fazer algo parecido esse ano com o relançamento do próprio em uma edição pra lá de platinada.

Intitulado Beyoncé - Platinum Editium, o disco, que física e externamente não sofreu nenhuma mudança, chega as lojas na segunda-feira (24) com um punhado de novas faixas (umas inéditas, outras remixadas) com o intuito de colocar Beyoncé novamente no topo de absolutamente todos os charts de final de ano (além, claro, de fazer a alegria da Beyhive).

Totalizando 20 músicas, essa edição especial do disco conta, além das faixas de sua edição padrão, com as inéditas "7/11" (pancadão trap que já chegou assinando como carro-chefe do relançamento) e "Ring Off" (que liricamente funciona como uma continuação de "Single Ladies", onde Beyoncé fala sobre atitudes e valores que a mulher deve ter e se dar após o fim de um longo relacionamento).

Já entre os remixes, "Flawless" em parceria com Nicki Minaj, "Drunk In Love" com o duo Jay-Z & Kanye West, "Blow" juntamente com Pharrell Williams e "Standing In The Sun", que ficou de fora da edição padrão do Beyoncé, mas marca presença por aqui com a participação de Mr. Vegas, se fazem presentes, fechando a tampa desta mais nova empreitada de King B.

Com poucas horas nos separando do lançamento físico do disco, que já encontra-se disponível para audição na web, Beyoncé resolveu finalmente liberar o primeiro material visual desse relançamento. Trata-se do vídeo de "7/11", gravado de forma "caseira", onde a mãe de Blue Ivy aproveita que tá passando o Natal sozinha em casa (no melhor estilo Esqueceram de Mim) pra fazer de tudo um pouco (mas é de tudo um pouco MESMO). Por lá a fia twerka no banheiro (quando não está fazendo festa da calcinha com as amigas), coreografa na varanda (com aquela grade de proteção baixíssima que eu nem chegava perto), luta em câmera lenta (no melhor estilo Matrix) e faz a líder de torcida (com direito a pirâmide de bunda). Assista:


King B tá loucona, né gente? Liricamente, "7/11", não se assemelha a absolutamente nada que Beyoncé já tenha feito antes (na verdade a música inteira soa como uma grande brincadeira, onde ela tira onda com faixas que fazem sucesso, mas que não querem dizer absolutamente nada): "Ombros lateralmente, joga, joga, joga pra cima / Pernas mexendo de um lado pro outro, joga, joga, joga pra cima / Mexa suas mãos de um lado pro outro, joga, joga, joga pra cima / Joga pra cima, palma, palma, palma, como se você não desse a mínima (eu sei que você dá)".

Já nos momentos finais da faixa, um momento de lucidez onde Beyoncé deixa bastante claro que, mesmo já estando no mercado há bastante tempo, segue mais atual que muitos dos novos nomes que temos ouvido por aí: "Essa vadia está prestes a sumir / Chateada porque eu ainda sou novidade / Mais inovadora que você / Eu sou mais inovadora que você". Já quero saber de quem se trata! E aí, curtindo as novidades de Mrs. Carter? Então se prepara porque, em se tratando de Beyoncé, arriscamos dizer que muita coisa ainda está por vir! Ouça o álbum na íntegra:

Marcadores: ,

Com Direito a Imagens da Praia de Venice na Califórnia, The Madden Brothers Lança Clipe Para ''Dear Jane''!



Enquanto o Good Charlotte permanece em hiato até o ano que vem, dois de seus cabeças, os irmãos Joel e Benji Madden, seguem tocando seu projeto paralelo de folk rock, o The Madden Brothers, com a divulgação de seu álbum de estreia, o Greetings From California, lançado em setembro passado pela Capitol.

Tendo como carro-chefe do disco a retrôzinha e motivacional "We Are Done", que alcançou o primeiro lugar das paradas na Austrália e na Nova Zelândia, os caras, que atuam como treinadores da edição australiana do The Voice, resolveram se manter nessa vibe e lançar a ensolarada "Dear Jane" como segunda música de trabalho do álbum.

Pra dar uma quebradinha nesse clima veranesco, a faixa ganhou um clipe todo em preto e branco dirigido por ninguém menos que DJay Brawner ("All Of The Stars", "Girls/Girls/Boys"). Nele temos, além de imagens maravilhosas da praia de Venice na Califórnia, registros visuais de Joel e Benji em estudio com a banda e a participação especial de uma modelo (que nós vamos chamar de Jane) apenas sendo linda, enquanto anda de um lado pro outro durante o clipe. Confira:

Marcadores: ,

Parece Filme do Tim Burton Mas é ''Unpack Your Heart'', Novo Clipe do Phillip Phillips!



Demorou um bocadinho (tá, um bocadão) mas eis que "Unpack Your Heart", clipe do mais novo single do Phillip Phillips, está finalmente entre nós! Pouco mais de sete meses após o lançamento de "Raging Fire", o vencedor da décima primeira temporada do American Idol nos agracia com o vídeo da segunda música de trabalho do Behind The Light, seu segundo álbum de inéditas, lançado em maio passado pela 19 Recordings e Interscope.

Composta por Phillip em parceria com Derek Fuhrmann, Gregg Wattenberg e Todd Clark, a faixa fala sobre amar o próximo independente de suas complexidades e contradições: "Me mostre algo que os outros nunca vêem / Me dê tudo o que você espera receber / Traga seus segredos, suas cicatrizes / Traga a sua glória, tudo o que você é / Traga a sua luz e a sua escuridão / Compartilhe seu silêncio / E desembrulhe o seu coração".

Dirigido por Petro Papahadjopoulos, o clipe chega como uma versão lúdica e literal da música onde Phillip aparece tocando violão em um galpão enquanto uma caixinha de papelão (com um coração pintado nela ) acaba desencadeando uma série de eventos mágicos através dos sentimentos nela inseridos. Com uma pegada Alice no País das Maravilhas meets A Fantástica Fábrica de Chocolate, o clipe chega repleto de luzes, cores e encantamento, intercalados com uma vibe mais sinistra e obscura, tudo isso no melhor estilo Tim Burton. Assista:

19/11/2014

Marcadores: , ,

''Rude'': Com Direito a Versão Teen do Vocalista da Magic!, Zedd Lança Clipe de Seu Remix Para a Campanha #AbsolutNights!



Em agosto passado o Zedd deu o que falar quando tocou durante o seu set no Lollapalooza um remix cabuloso de "Rude", carro-chefe do álbum de estreia da Magic!, que foi simplesmente uma das músicas de maior sucesso nos Estados Unidos durante o verão.

Ainda com um hype altíssimo, este mesmo remix serve agora como música-tema para a mais nova campanha da Absolut Vodka (que a gente simplesmente ama por ser uma das patrocinadoras de RuPaul's Drag Race ), a #AbsolutNights.

Com o intuito de mostrar que tudo é possível através da criatividade, a Absolut, juntamente com a galera do coletivo Vita Motus, transformou a orla do Brooklyn em Nova Iorque num clube noturno e convidou ninguém menos que Zedd em pessoa para comandar uma balada pra lá de exclusiva (com direito a uma versão teen do vocalista da Magic!). Pra conferir tudo que rolou nessa super festa, que agora virou clipe, é só se jogar no play abaixo:

Marcadores: , , ,

The Self-Titled Deluxe: Paramore Relança Seu Mais Recente Álbum com Direito a Registros Ao Vivo e Faixas Inéditas!



Durante sua passagem pelo Brasil no início do mês, o Paramore anunciou que novembro seria um mês de ótimas novidades para os fãs da banda. E eles não estavam mentindo! Pouco mais de um ano após lançarem o seu quarto e auto-intitulado álbum de inéditas, eis que a banda liderada por Hayley Williams resolveu que era hora de colocar uma edição deluxe do projeto no mercado.

Com um total de 29 faixas, o disco contará, além das 17 músicas de sua edição padrão, com outras 12, dentre elas "Hate To See Your Heart Break", que se faz presente na primeira versão do disco, mas que agora conta com a participação de niguém menos que Joy Williams, do atualmente em hiato The Civil Wars, além das inéditas "Escape Route", "Native Tongue" e a versão demo de "Tell Me It's Ok".

Já as outras 8 faixas do disco são registros da apresentação da banda no Red Rocks em agosto passado durante a Monumentour, turnê colaborativa que o Paramore realizou juntamente com os caras do Fall Out Boy. Paramore Deluxe (ou, como eu gosto de chamar, The Self-Titled Deluxe) chega as lojas no próximo dia 24 de novembro pela Fueled by Ramen e Warner. Já quero single e clipe pra divulgar! Confira o tracklist:

01. Fast In My Car
02. Now
03. Grow Up
04. Daydreaming
05. interlude: Moving On
06. Ain’t It Fun
07. Part II
08. Last Hope
09. Still Into You
10. Anklebiters
11. interlude: Holiday
12. Proof
13. Hate To See Your Heart Break
14. (One Of Those) Crazy Girls
15. interlude: I’m Not Angry Anymore
16. Be Alone
17. Future

Deluxe Edition

18. Hate to See Your Heart Break (feat. Joy Williams)
19. Escape Route
20. Native Tongue
21. Tell Me It’s Okay (Self-Titled Demo)
22. Still Into You (Live at Red Rocks)
23. Decode (Live at Red Rocks)
24. The Only Exception (Live at Red Rocks) 
25. Brick by Boring Brick (Live at Red Rocks)
26. Let the Flames Begin (Live at Red Rocks)
27. Part II (Live at Red Rocks)
28. Proof (Live at Red Rocks)
29. Ain’t It Fun (Live at Red Rocks)

Marcadores: ,

Parece Making The Video da MTV Mas é ''Lips Are Movin''', Novo Clipe da Meghan Trainor (Feat. Camila Coutinho)!



A Meghan Trainor tá com tudo! Depois de estrear direto no topo do Hot 100 da Billboard, e por lá permanecer durante semanas, com a grudenta "All About That Bass", a fia dá continuidade a divulgação de seu, acreditem, terceiro álbum de inéditas, o Title, que chega as lojas no próximo dia 13 de janeiro pela Epic, com a também chicletinha "Lips Are Movin'".

Composta por Meghan juntamente com o produtor Kevin Kadish ("(There's Gotta Be) More To Life", "Best Years Of Our Lives") em, PASMÉM, oito minutos, a faixa segue pela mesma linha sonora de sua antecessora, onde a cantora aposta numa mistura de pop com doo-wop, sub-gênero do R&B que simplesmente dominou os charts de música dos Estados Unidos durante os anos '50 e '60, para acertar.

Na faixa, Meghan dá um chega pra lá em seu love affair porque acredita que o cara está colocando adornos não decorativos em sua cabeça: "Eu sei que você está mentindo porque seus lábios estão tremendo / Vem cá, você acha que eu sou idiota? / Eu posso ser jovem, mas não sou estúpida / Sempre falando em círculos, eu sei que você mente". Fazendo uma alusão direta a seu single anterior, ela ainda diz: "Garoto, olha bem pra minha cara / Me diz que você não está afim apenas desse corpão violão / Você realmente acha que eu posso ser substituída? / Não mesmo, eu venho de um espaço sideral".

Já no clipe, que conta com a participação de ninguém menos que a blogueira e designer brasileira Camila Coutinho do Garotas Estúpidas (os lips das inimigas are movin' de tanta inveja), Trainor aposta numa vibe mais alegrinha e menos carregada, quando relacionada a letra da música, onde ela aparece no melhor estilo Produzindo o Clipe da MTV deixando todo o processo que rola por detrás das câmeras a mostra, de roupa a maquiagem, passando por cenários, iluminação e cenografia, tudo isso, claro, no melhor estilo retrô. Assista:

14/11/2014

Marcadores: ,

Tá (Quase) Todo Mundo Nu em ''Coisa Pouca'', Novo Clipe do Forfun!



Começou! Depois de carregar o seu canal no YouTube com absolutamente todas as faixas de seu mais novo álbum de inéditas, o Forfun, que tem passado por várias capitais do Brasil para promover o lançamento do disco, dá finalmente início a divulgação de seu carro-chefe, que, ao contrário do que falamos aqui, não será "Alforria", mas sim "Coisa Pouca", faixa com uma sonoridade mais hardcore que já comentamos brevemente aqui.

Dirigido por Daniel Ferro ("Maior Que as Muralhas", "Did I Let You Know"), o clipe conta com uma proposta visual bastante crua, onde a banda aparece tocando em um estudio, enquanto um casal, formado por um rapaz negro e uma moça branca, vai, aos poucos, tirando a roupa até que ambos fiquem completamente despidos (fazendo uma alusão direta a NU, título desse mais novo projeto dos caras). Confira (e aproveite a viagem para ouvir o novo álbum na íntegra):


Marcadores: ,

Azealia Banks Dá Chega Pra Lá em Gravadora, Lança Álbum de Estreia e Clipe Para ''Chasing Time''!



Depois de comer o pão que o diabo amassou na Interscope Records, Azealia Banks parece ter finalmente encontrado uma companhia disposta a lhe dar todo o apoio financeiro necessário e, o melhor de tudo, sem meter o bedelho na parte criativa de seu projeto. Lançado no último dia 6 de novembro em parceria com a Prospect Park, o Broke With Expensive Taste, álbum de estreia da rapper, que, assim como o The New Classic da Iggy Azalea, foi adiado inúmeras vezes, finalmente teve a oportunidade de ver a luz do dia (mesmo em meio a toda escuridão que ele emana).

Envolto a críticas positivas e uma estreia de cair o queixo - levando em consideração a independência de seu lançamento - na posição de número #30 do Billboard 200 (mais importante parada de álbuns dos Estados Unidos), o disco tem como atual música de trabalho "Chasing Time", faixa que, assim como alguns dos maiores sucessos de Azealia, segue por uma sonoridade mais hip house, lançada por ela em setembro passado e que acaba de ganhar seu videoclipe.

Dirigido por Mark Klasfeld ("Girlfriend", "Lose My Breath"), o vídeo segue por uma premissa completamente obscura, daquele jeitinho que só a Azealia sabe fazer, logo nos remetendo a alguns de seus melhores trabalhos videográficos, como "Yung Rapunxel", "212" e "Luxury". Com uma série de referências que vão desde o modelito utilizado por sua arquiinimiga Lil' Kim no VMA de '99 até o saco de lixo que Missy Elliott iconizou no clipe de "Supa Dupa Fly", Azealia chega, acreditem, esbanjando simpatia, coreografando e mostrando que está FINALMENTE pronta para alçar vôos mais mainstream. Assista:

Marcadores: ,

Nicole Scherzinger Manda um Recadinho Para a Futura Pretendente de Seu Agora Atual (Mas Já Ex) no Clipe de ''Run''!



Se tem uma artista que sabe se jogar como ninguém numa baladinha de entrega, essa artista é a Nicole Scherzinger. Sem economia nas caras e bocas, a fia sempre estraçalha e tende a nos deixar boquiabertos, seja nas apresentações ao vivo ou em seus videoclipes.

Aproveitando que tá numa vibe meio fossa (ou pelo menos tava quando escreveu essa canção), a eterna líder do The Pussycat Dolls resolveu lançar o clipe do terceiro single de seu terceiro álbum de inéditas (sempre contaremos o Her Name Is Nicole como debut, tá?), o Big Fat Lie, lançado em outubro passado pela RCA.

Intitulada "Run", a faixa é um recadinho pessoal de Nicole para a próxima pretendente de seu agora atual, mas já ex, Lewis Hamilton, onde ela deixa bastante claro que o cara não é o Sebastian da C&A, mas que só tá ali pra usar e abusar: "Aqui vai um conselho para a próxima / Não o deixe te levar para a escuridão / Não conte a ele todos os seus segredos / Ele vai te deixar com o coração partido / Corre, corre, corre".

Dirigido por Christopher Sims ("King Of Hearts", "Say Something"), o vídeo, que foi gravado em setembro passado na cidade de Londres, se passa em uma mansão onde Scherzinger aparece jogada no chão, chorando e, acreditem, correndo. O mais legal é que, mesmo após o baque do pé na bunda (dói demais), a fia vai, aos poucos, criando forças e se levantando de seu próprio sepulcro amoroso. Assista (com uma caixa de lenços do lado):

13/11/2014

Marcadores: , , , , , , , ,

Circuito Banco do Brasil 2014 [RJ]: Pitty, MGMT, Paramore e Kings Of Leon num Apanhado Geral de Tudo Que Rolou no Festival!



Munido apenas de cara, coragem e R$500 que a minha mãe me emprestou, me mandei na última sexta-feira (07) pro Rio de Janeiro junto com a Andréia e mais uma galera com a intenção de curtir os shows do Circuito Banco do Brasil. Pra não ficar sempre na mesma e dar aquela variada esperta (contém ironia), não conseguimos credencial, não ganhamos promoções (e olha que até participamos de algumas, rs) e, assim como todo mundo, tivemos que tirar a grana pra compra do ingresso do próprio bolso (nem tô reclamando, até porque não é novidade pra ninguém que os blogueiros de cultura pop são pra lá de subestimados).

Como vocês bem sabem, não sou lá a pessoa mais pontual do mundo (tanto que esse post tá saindo quase uma semana depois do evento, rs), e, mesmo tendo visto que a Pitty abriria o Circuito ás 17h, consegui a proeza de chegar quase uma hora depois, perdendo boa parte do show. Quanto a estrutura do Circuito, achei tudo bem intimista e padronizado. Até porque, todos os quiosques presentes eram do Banco do Brasil, diferente da maioria dos eventos nestes moldes onde uma série de patrocinadores se fazem presentes.

De todos os festivais em que já estive, esse foi o primeiro onde não rolaram ações interativas. Nada de jogos, brincadeiras ou mesmo atividades esportivas (exceto a Copa Brasil de Skate Vertical, onde eu vi que, mesmo após o fim da competição, haviam instrutores ensinando uma galera a, pelo menos, se equilibrar em cima de um shape). - Ué, mas e os outros quiosques serviam pra que? Então, ficou bem na cara que um dos objetivos do Banco do Brasil era aumentar seu banco de dados com o intuito de conquistar novos clientes num futuro próximo, tanto que, a principal ação do evento funcionava como uma espécie de jogo de loteria, onde você ganhava um cartão (tipo aqueles que a gente usa pra sacar dinheiro no banco) e com ele fazia um cadastro (não se espante se começarem a chegar novidades do Banco do Brasil no seu e-mail) podendo faturar R$200 na hora ou R$5.000 no final do Circuito.

O mais legal dessa ação, pelo menos pra mim que não ganhei nenhum dinheiro (rs), era que, após efetuar o cadastro, você tinha direito a 20 minutos de internet Wi-Fi liberada. Todo mundo sabe o quão difícil é publicar alguma coisa via 3G em locais com um grande aglomerado de pessoas, logo, achei a ideia simplesmente genial (apesar de eu já ter batido nessa tecla diversas vezes). Outro estande que veio bem a calhar foi o de Recarga de Celular. À princípio jurei que se tratava de uma banquinha para recarga de créditos, logo, convoquei toda galera pra me acompanhar até lá, mas acabei pagando o maior King Kong quando vi que se tratava, na verdade, de um estande pra recarga de bateria (já vou mandar meu vexame pra seção de Micos da Capricho).

Voltando as atrações, peguei apenas 1/3 do show da Pitty mas foi o suficiente pra saber que a fia ainda tá com tudo. Já marquei presença em vários shows da banda que rolaram aqui na minha cidade (a maioria no enigmático Ceará Music - Por onde anda o Ceará Music? Um beijo Ceará Music!) e é simplesmente impossível não pirar. Destruidora que só ela, a roqueira levantou a galera ao som de alguns de seus maiores sucessos, como "Máscara", "Me Adora" e "Na Sua Estante", além, claro, das novas "Setevidas" e "Serpente". Como tinha acabado de chegar e tava mais preocupado em encontrar um local confortável pra curtir o show, acabei não prestando atenção nos backdrops (na verdade nem sei se a Pitty costuma fazer uso desse tipo de intervenção em seus shows), logo, ficarei devendo, mas garanto que pago em breve, até porque preciso conferir esse show na íntegra o quanto antes.


Como já sabíamos que o Frejat entraria logo na sequência, resolvemos dar um pulinho nos estandes, bem como no banheiro, para nos prepararmos física e psicologicamente para os shows que estavam por vir. Com um céu já escuro e nebuloso, o MGMT subiu ao palco esbanjando melancolia ao som da baladinha "The Youth". Com um setlist mínimo para uma banda que já conta com três álbuns de inéditas, o MGMT teve como pilar central de seu show única e exclusivamente a música. Sem a mínima interação com o público, a banda engatou uma música atrás da outra, fazendo a alegria dos fãs presentes, mas meio que desapontando a galera que estava ali para conhecê-los (um "Boa noite Brasil, nós somos o MGMT!" não ia arrancar pedaço, nem tampouco alçalos ao temido mainstream - sério, boa parte das bandas alternativas morre de medo só de ouvir essa palavra). Como não poderia deixar de ser, "Time To Pretend", "Electric Feel" e "Kids", singles presentes no álbum de estreia da banda, se mostraram como os pontos altos do show. Com o cheiro de maconha cada vez mais evidente no ar, os backdrops pra lá de psicodélicos acabaram auxiliando, de uma maneira ou de outra, na viagem que o MGMT estava ali para nos proporcionar. Uma pena que ela tenha sido tão curtinha e sem muita animação, mas, de qualquer forma, curti a vibe e espero vê-los de novo em breve.


Acompanhado de uma chuva daquelas, o Paramore veio logo na sequência com aquele que logo receberia o título de show da noite. Animada que só ela, Hayley Williams já chegou cumprimentando todo mundo e anunciando que aquele não se tratava de um show qualquer, mas sim do encerramento da atual turnê da banda, a The Self-Titled Tour. Com um número incontável de hits (que simplesmente não couberam no setlist), a banda teve que fazer vários cortes para esta turnê. Hinos como "Crushcrushcrush", "Monster" e até mesmo o carro-chefe do último álbum "Now" acabaram ficando de fora, dando vez a novos sucessos, como "Ain't It Fun", "Still Into You" e "Last Hope". Alguns dos pontos altos da noite ficaram por conta da bronca que a Hayley deu nos câmeras que insistiam em filmar apenas ela: "Esse show é do Paramore e não da Hayley. Filmem a banda e não só a mim", além do macro-cover de "Come On Over" da Christina Aguilera que a cantora fez enquanto chamava, mais uma vez, a atenção dos câmeras para os integrantes da banda. O momento mais mágico da noite, sem sombra de dúvidas, ficou por conta da apresentação de "Misery Business", quando uma fã foi chamada até o palco para cantar a música com a banda. A sortuda da vez foi a Thaís, que, ao pular de cima do amplificador de som, acabou caindo no chão (tadinha), fazendo com que Hayley, Jeremy e Taylor não demorassem muito a fazer o mesmo e terminassem de apresentar a música sentadinhos com a gata. Aposto como a Thaís tá desmaiada até agora (assim como a gente). Já quero Hayley e companhia de volta PARA muito MORE no ano que vem!


Fechando a noite com chave de ouro, o Kings Of Leon chegou com novos ares (bem menos carregados que os de sua última passagem pelo Brasil) para mostrar que o seu touro mecânico ainda tem, sim, fôlego e potência para derrubar muitos forninhos. Com direito a backdrops de cair o queixo, projeções pra lá de interativas e, pasmém, fogos de artifício, a banda da família Followill faz um apanhado geral da carreira na versão para festival de sua Mechanical Bull Tour. Abrindo o show com a espetacular "Supersoaker", a banda não demora muito a ter o público na palma de sua mão. Com seus dois maiores sucessos, "Use Somebody" e "Sex On Fire", resguardados para os momentos finais da apresentação, o KOL segura o show intercalando novos sucessos, como "Temple" e "Family Tree", com alguns de seus maiores clássicos, como "Molly's Chamber" e "The Bucket" (faltou "King Of The Rodeo" e "Charmer", tá?). Simpático e, acredite se quiser, interagindo com o público, o vocalista Caleb Followill conseguiu limpar a imagem introspectiva (e até um pouco rabugenta) que havia deixado durante sua última aparição por aqui no Planeta Terra Festival 2012. Salve o roteirista desse show!


E foi isso! Aproveitando que ia pro Circuito, resolvi passar logo quatro dias no Rio de Janeiro pra fazer juz a passagem (até porque, pagar R$400 pra bater e voltar não rola). Como falei no início do post, a Andréia também tava por lá e nós zoamos bastante junto com o Jeff (que, assim como ela, também é de Brasília), a Fê, o Bruno e a Brenda (que são aqui de Fortaleza). Até pensei em fazer um vlog mostrando tudo que rolou na viagem mas ainda não tô muito habituado com essas ferramentas de vídeo e, por mais que não pareça, sou bastante tímido. Sei que ainda tá um pouco cedo, mas ja estamos pré-planejando a nossa ida para o Lollapalooza do ano que vem. Quem sabe dessa vez não rola, né? :D

04/11/2014

Marcadores: , , ,

#PromoOfTheWeek: Concorra a Uma Cópia do Cheek To Cheek, Álbum Colaborativo de Tony Bennett e Lady Gaga!



Diferente da primeira edição do nosso #PromoOfTheWeek, dessa vez resolvemos deixar nas mãos de nossos leitores (perigo, hein?) a decisão de qual CD deveria ser sorteado por aqui. Depois de muita boca de urna, milhares de votos computados e uma solicitação de auditoria feita pelo It Pop! (negada com louvor pelo Papel Pop), chegamos ao seguinte resultado:

Tony Bennett & Lady Gaga - Cheek To Cheek (10 votos)
Ke$ha - Warrior (8 votos)
Katy Perry - Prism (7 votos)
Divergent - Original Motion Picture Soundtrack (4 votos)
Miley Cyrus - Bangerz (3 votos)
Austin Mahone - The Secret (2 votos)
Dulce María - Sin Fronteras (1 voto)
R5 - Louder (1 voto)
Mc Gui (0 votos e 1 deboche)

* Votos contabilizados a partir dos comentários publicados nesta imagem divulgada em nossas redes sociais.

A disputa foi acirrada, mas Tony Bennett, Lady Gaga e o álbum de jazz #1 do ano levaram a melhor e estrelam a partir de agora a nossa promoção dessa semana. Com mais de meio milhão de cópias vendidas em todo o mundo, Cheek To Cheek chegou com o intuito de apresentar alguns dos maiores clássicos do estilo para uma nova geração de ouvintes. E conseguiu.


No forninho desde 2011, quando Bennett e Gaga se conheceram nos bastidores de um evento beneficiente promovido pela Robin Hood Foundation em Nova Iorque (contrariando os comentários que relacionavam a criação do projeto com o relativamente fraco desempenho do ARTPOP), o álbum responsável por salvar a vida da Mother Monster e que promete torná-la, pelas palavras do próprio Tony, "maior que Elvis Presley", tá que é só ansiedade pra chegar na sua casa e ficar de rostinho colado com você.

E, como não poderia deixar de ser, a promoção é colaborativa tá? Em parceria com a antenada, crítica e loiríssima Nathalia Ferrari do Pop Chiclete, o Data Clipe, com o intuito de salvar a carreira de ambos os blogs, sorteará uma cópia da edição international physical deluxe version bonus tracks (acreditem ou não, é esse o nome) do Cheek To Cheek, gentilmente cedida pela Universal Music Brasil (). Pra concorrer, como sempre, é mais fácil que lançar um projeto alternativo pra fazer de conta que não tá nem aí pros charts da blogosfera.

Curtas as páginas do Data Clipe e da Nathalia Ferrari no Facebook:



Curta e compartilhe a imagem promocional em modo público:

http://on.fb.me/1AbRoLc

Clique no link a seguir e logo em seguida em Quero Participar:

http://bit.ly/1qnDeNx

E pronto, você já está concorrendo! Vale lembrar que por aqui não tem essa de território nacional. Se você é leitor do Data Clipe e do Pop Chiclete e tem residência fixa em qualquer parte do planeta basta se jogar nos passos acima e cruzar os dedos. A desclassificação se dará apenas para o participante que não seguir fielmente cada uma das etapas de participação acima. O sorteio acontece na sexta-feira (7). Boa sorte!

PROMOÇÃO ENCERRADA!

E quem faturou uma cópia do Cheek To Cheek foi o... Marcelo Beserra. Parabéns! Fique ligado em sua caixa de mensagens que entraremos em contato informando o procedimento para que você receba o seu prêmio o quanto antes.

O Data Clipe realiza seus sorteios através do aplicativo Sorteie.me.

01/11/2014

Marcadores: ,

Clipe Novo, Música Nem Tanto: Charli XCX Divulga Nova Versão de ''Boom Clap'' Gravada em Tóquio!



Charli XCX não quer que a divulgação de "Boom Clap" tenha fim! Enquanto seu segundo álbum de inéditas, o Sucker, segue no forninho até dezembro, a britânica dá continuidade a divulgação do single com o lançamento de um clipe totalmente novo gravado durante sua passagem por Tóquio em 2013.

E se "Break The Rules", que mesmo com um vídeo bacanudo e muita divulgação, não emplacou enquanto segunda música de trabalho, que mal tem aproveitar o buzz infinito e espontâneo desse hino que figura a exatas 21 semanas no Hot 100 da Billboard com pico na oitava e atualizado na vigésima quarta posição, não é mesmo?

Diferente do clipe da versão original de "Boom Clap", que foi rodado em Amsterdam, nesta nova Charlotte perambula pelas ruas de Tóquio como que numa continuação de "SuperLove", clipe da faixa que, a princípio, responderia como carro-chefe de seu novo álbum, mas que acabou perdendo o posto para a música-tema de A Culpa é das Estrelas por motivos de: uma fez sucesso, a outra nem tanto. Assista: