segunda-feira, 18 de julho de 2016

Elle King é uma legítima caça-fantasmas no clipe de "Good Girl", música-tema do filme!



Não se fala de outra coisa! O reboot da franquia Caça-Fantasmas estreou na última sexta-feira (15) nos cinemas de todo o mundo e já caiu nas graças do público, não só por trazer nomes de peso, como a hilária Melissa McCarthy (A Espiã Que Sabia de Menos) e o gostosão Chris Hemsworth (Thor) , no elenco, mas também pelo seu alto teor feminista, uma vez que agora o filme, diferente de sua primeira versão, lançada em meados dos anos 80, conta com quatro protagonistas do sexo feminino, além, claro, do humor ironicamente pontual das personagens.

Fazendo jus ao filme, sua trilha sonora (já disponível no Spotify) também conta com uma série de artistas e bandas de primeira, como 5 Seconds Of Summer, Fall Out Boy, G-Eazy, Missy Elliott, Walk The Moon e Elle King, cantora californiana que emplacou recentemente nas paradas com a empoderada "Ex's & Oh's", mas que chega agora com "Good Girls", faixa cheia de atitude que mescla elementos de country e rock e assina como música-tema do filme.

Dirigido por Dano Cerny ("Hell Of a Girl", "Hollow"), o clipe apresenta Elle como uma legítima ghostbuster que tá ali botando umas roupas pra bater na máquina da lavanderia com o intuito de colar tal hora no barzinho quando, de repente, a cidade é invadida por fantasmas. Como o espírito zombeteiro que aparece na laundry não mexe com ela, a fia sai de lá na maior como se nada tivesse acontecido. Mais tarde na balada, King tá lá de boa curtindo a night com os amigos, jogando a sua sinuca e apagando charuto com a língua quando, do nada, um fantasma não muito amigável (até porque é Caça-Fantasmas, não Gasparzinho) aparece pra acabar com a sua festa. Sem pensar duas vezes, a fia bota o seu laser nuclear experimental pra funcionar na tentativa de acabar com a farra do monstrengo. E aí, será que ela consegue? Dê o play para descobrir:



Manu Gavassi nos apresenta sua agitada rotina de shows no clipe da versão remixada de "Camiseta"!



Se tem uma artista nacional que tá mandando super bem na divulgação de seu mais novo projeto musical é a Manu Gavassi. Lançado em dezembro passado, Vício, primeiro EP de sua discografia, já conta com um total de três clipes, um vídeo com letra e uma websérie de cinco episódios lançados.

Não satisfeita, Manu, que confirmou logo no início dos trabalhos de divulgação do EP o lançamento de vídeoclipes para absolutamente todas as suas faixas, foi além e liberou na última semana não só a versão remixada de "Camiseta", carro-chefe do registro, mas também um vídeo com imagens de bastidores de sua mais recente turnê.

Remixada pelo DJ e produtor musical Pedrowl (sim, o do UhBreakers ), a nova versão da faixa conta com elementos de tropical house, subgênero relativamente novo da house music, popularizado por artistas como Kygo e Justin Bieber nas faixas "Stole The Show" e "What Do You Mean?". Como uma espécie de daily vlog, o vídeo, feito pela galera da CHK Filmes, nos guia por um passeio pela rotina da cantora em dias de show, com direito a prova de figurinos, ensaio com a banda em estúdio, entrevistas para a tv, meet & greet com os fãs e, claro, a apresentação em si. Confira:

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Inspirada por eventos atuais, Katy Perry lança a inédita "Rise" para as Olimpíadas!



Surpreendendo a todos, Katy Perry lançou na madrugada dessa sexta-feira (15) "Rise", faixa inédita que estará presente em seu quarto álbum de inéditas, mas, diferente do que vem sendo noticiado por vários veículos, não se trata do carro-chefe do disco, mas sim de uma música feita especialmente para os jogos olímpicos deste ano sediados no Rio de Janeiro.

Produzida por Max Martin ("Into You", "Can't Stop The Feeling"), a faixa de atmosfera triunfante já vinha amadurecendo no imaginário de Katy a algum tempo. É, mas foi inspirada por eventos atuais (ataques terroristas, ódio e violência gratuitos) que ela resolveu finalmente gravá-la na tentativa de incentivar as pessoas a buscarem motivação na força, coragem e vontade dos atletas olímpicos para superar as dificuldades na construção de um mundo melhor.

Não vou apenas sobreviver / Você vai me ver prosperar / Poderei escrever a minha história / Estou além dos paradigmas / Não vou me conformar / Não importa o quanto você tente tirar o meu foco / Porque minhas raízes são profundas / Pessoas de pouca fé / Não duvidem / A vitória está em minhas veias / Eu sei / Não vou negociar / Lutarei contra isso / Vou transformar; exclama Perry na faixa, selecionada pela NBC como sua música-tema para a transmissão das Olimpíadas. Ouça:

quinta-feira, 14 de julho de 2016

"Make Me": O novo single de Britney Spears já está entre nós!



A espera acabou! Britney Spears está finalmente de volta e cheia de novidades pra contar. Com direito a muitas prévias, divulgadas através de vias diretas e indiretas, a última semana foi de muita ansiedade para os fãs da Princesa do Pop, uma vez que tiveram que lidar não só com o lançamento do comercial da mais nova frangrância da loira, a Private Show, que chegou acompanhada de uma faixa de mesmo título, que, muito provavelmente, estará presente em seu novo álbum de inéditas, como também com o aparente vazamento de trechos do vídeoclipe de "Make Me", novo single da cantora em parceria com o rapper G-Eazy que acaba de ser lançado oficialmente.

Diferente de absolutamente todos os carros-chefes de sua carreira, "Make Me" tá ali no meio termo entre o mid e o downtempo. A faixa, que conta com elementos de pop e R&B, fala sobre desejos libidinosos e investidas sexuais: Estou a mil por hora sonhando com alguém / Este sentimento não vai embora porque não há como / Tenho como garantir que você me quer / Pela tensão que eu vejo você emanar / Não tenha vergonha / Sem enrolação / Seja sincero / Você sabe o que tem que fazer / Eu quero que você me faça gemer / Como se não tivesse escolha / Como se tivesse um trabalho a fazer / Quero empolgação / Algo sensacional. A vadia tá de volta! Ouça:

"Take Me Down": Taylor Momsen faz um pacto com o demônio no novo single do The Pretty Reckless!



O pacto demoníaco é real em "Take Me Down", carro-chefe do terceiro álbum de inéditas do The Pretty Reckless, banda liderada por Taylor Momsen, a eterna Jenny Humprey de Gossip Girl. Com os trabalhos de divulgação do Going To Hell devidamente finalizados, a banda voltou ao estúdio em meados do ano passado para dar início ao processo de composição de novos materiais.

Como a gente bem sabe, o inferno é um assunto recorrente nas faixas do TPR desde os tempos de Light Me Up. É, mas dessa vez Taylor e companhia queriam falar sobre o processo que antecede a ida das pessoas pra lá, tratando sobre os acordos que muitos fazem objetivando o alcance de suas aspirações: Esperando nessa encruzilhada / Por alguém pra comprar minha alma / Perdi o meu dia inteiro / O quão pesada essa brincadeira pode ficar? / De pé no cruzamento com uma caneta na mão / E a conversa era mais ou menos assim / Me diga o que deseja, você me tirou do inferno e selou o nosso acordo com um beijo / Eu quero que os mortos levantem, encontrar um bilhete para rasgá-lo e rabiscar os deuses de minhas paredes / Não ligo pro que vai acontecer quando eu morrer / Enquanto eu estiver viva só quero saber de rock / Me leve para baixo. Cadê Sam e Dean Winchester pra salvar essa linda?

Pra mostrar que não tava de brincadeira quando resolveu abordar os pactos demonícos de cada dia em sua mais nova música, o The Pretty Reckless tratou logo de mandar a real na capa do single que, se tivermos sorte, pode ser um adianto do que podemos esperar de seu vídeoclipe. Ainda sem título divulgado, o novo disco da banda tem previsão de lançamento ainda para este ano, mas, quem tiver interesse, pode ficar sabendo dessa informação agora mediante pacto. Melhor não, né? (rs) Ouça: