sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

A magia negra é real em "Touch", novo clipe do Little Mix!



Exatas 24 horas da primeira performance do Fifth Harmony enquanto quarteto, o Little Mix chega mostrando o que é harmonia de verdade no clipe de "Touch", faixa que assina como segundo single do Glory Days, quarto álbum de inéditas da melhor girlband oriunda do reality musical The X-Factor a nível mundial.

Como a produção do mais novo hit das mixturinhas foi assinada pelo MNEK ("Ain't My Fault", "Hold Up") juntamente com a Maegan Cottone ("Move", "Pretty Girls"), a gente já tava esperando um estouro dos grandes. Só que superou! Aproveitar que eu tô falando da Megatron (nome de guerra da Maegan Cottone) pra deixar aqui o meu apelo para que "Down & Dirty" seja a próxima música de trabalho do disco. Obrigada.

Dirigido pelo Director X ("Hotline Bling", "Work") em parceria com a Parris Goebel ("Sorry", "Hello Bitches"), o clipe de atmosfera conceitual mostra as meninas batendo cabelo num labirinto de cores monocromáticas com direito a muitos negões magia se esfregando nelas. "Black Magic" mesmo! A coreografia, que também é assinada pela líder do The Royal Family, é um dos pontos altos do clipe, que tem absolutamente tudo que um vídeo de música pop precisa para encher os olhos e bater 100 milhões de visualizações antes de "Slumber Party" (que tá mais encalhado que o número de likes da nossa página no Facebook). Aproveita e clica aqui pra curtir (mas não antes de sentir o toque das lirou):

sábado, 7 de janeiro de 2017

MC Beijinho vai do xilindró às paradas de sucesso com o hit "Me Libera Nega"!



Não se fala em outra coisa! Depois de "Baile de Favela", "Bumbum Granada" e "Malandramente", a gente só queria saber qual seria o próximo hit das favelas que iria ganhar o mundo e eis que "Me Libera Nega", single de estreia do MC Beijinho, acaba de assinar como mais novo viral do pedaço. Um fato curioso sobre a faixa é que ela foi divulgada pelo MC enquanto ele era preso por tentativa de furto. Direto do camburão da polícia, o fio mandou a letra do já hino ao vivo enquanto era entrevistado pelo repórter do programa Balanço Geral da afiliada da Rede Record na Bahia.

Tão logo ele foi liberado, o cantor Filipe Escandurras, ex-vocalista da banda Filhos de Jorge e compositor de sucessos como "Lepo Lepo" do Psirico e "Dançando" da Ivete Sangalo, entrou em contato com o cara o convidando para gravar sua música junto com ele. É, mas o que tinha tudo pra ser a boa ação do ano, acabou dando a maior confusão e rendendo até ameaça de processo, uma vez que as gravadoras que estão por trás do lançamento de Beijinho querem tudinho pra elas. HAHAHAHAHA. Calma, gente! O fio só postou um aúdio no YouTube. Não gravou CD, não tá vendendo a música no iTunes e tampouco subiu no Spotify, ou seja, não tá lucrando nada com ela. Só com o buzz.

E por falar em buzz, o hype da música tá tão grande que até o Caetano Veloso já publicou um vídeo nas redes sociais dedilhando ela no violão. Luan Santana, Wesley Safadão e a dupla Simone e Simaria também já se renderam ao potencial hit do Carnaval. Tudo, claro, graças a influência e prestígio que Filipe Escandurras tem na música nacional. Lançado há pouco mais de dez dias, o clipe de "Me Libera Nega", publicado na conta oficial de MC Beijinho no YouTube, já contabiliza pouco mais de meio milhão de visualizações. De estética conceitual e minimalista, o vídeo, que é bem ao pé da letra, mostra o fio pedindo a sua nega pra liberar vocês sabem muito bem o que. HAHAHAHAHA. Confira:



MC Beijinho na web

sábado, 31 de dezembro de 2016

TOP 20: A parada definitiva com os melhores clipes de 2016!



Faltando pouco pra chegada de 2016: Parte 2 - O Terror Continua (boatos que o ano vigente não vai deixar o calendário virar), eis que o Data Clipe tenta amenizar a destruição que foram os últimos 365 dias (no pior dos sentidos) com uma seleção daquilo que de mais legal rolou em termos de vídeoclipes na internet, na tv e também no Tidal.

Fazendo um adendo a novidade do último ano, onde os clipes nacionais e internacionais ganharam paradas independentes, a nossa seleção chega agora, não com 10, mas 20 vídeoclipes. SIM, O TOP 10 VIROU TOP 20! Alguma coisa boa esse ano tinha que ter, né gente?

Com a lista um pouco maior, alguns artistas, bandas e até diretores conseguiram marcar presença mais de uma vez na nossa parada, como é o caso de Anitta, Beyoncé, Banda UÓ, Colin Tilley, Fernando D'Araújo, Felipe Sassi, Hannah Lux Davis, Ludmilla, Rafael Kent, The Weeknd, Tiago Iorc, Tim Erem, Tinashe e Tove Lo. Parabéns, galera! E MUITO OBRIGADO Bom, agora chega de papo e simbora saber quem encheu os nossos olhos com os melhores visuais de 2016!





E aí, curtiu? Então não deixe de se inscrever no nosso canal no YouTube abaixo, deixar o seu joínha no vídeo, bem como compartilhar com os amigos em suas redes sociais. FELIZ ANO NOVO!


segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

VLOG: Agito com bandas de rock no Reverbera @ Let's Go! Bar



Na última quinta-feira (22) minha amiga Fernanda e eu marcamos presença no Reverbera - Música Que Alimenta, um evento beneficiente organizado por bandas de rock independentes com o intuito de arrecadar alimentos para ajudar famílias carentes. Já tem um tempo que algumas bandas de rock do circuito alternativo aqui da minha cidade entraram no meu radar. Confesso pra vocês que eu me surpreendi muito quando ouvi o som de cada uma delas pela primeira vez tamanha a qualidade das produções. É, porque, nós estamos falando de bandas independentes, que, em boa parte das vezes, trabalham com orçamentos apertados e praticamente nenhum apoio.

A.R.S., Backdrop Falls, Caike Falcão, Mad Monkees, Mugshot, Old Books Room, Sulamericana, Swan Vestas e Verona são algumas delas. Ao longo do ano eu pretendo apresentar cada uma delas aqui no blog como manda o figurino, mas, por ora, já vou dar um adianto do que vocês podem esperar ao se depararem com o anúncio do show de alguma delas na sua cidade (sim, todas elas já viajam país adentro com as suas tunês). Como eu não sou de fazer nada pela metade, já tratei de criar uma playlist no Spotify com algumas das melhores faixas dessas e de outras bandas de rock da terrinha. Pra ouvir (e seguir) é só clicar aqui. Já o vídeo com os melhores momentos do Reverbera tá à um play de distância. Se joga!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

#DCA: O ruído pop amistoso e radiofônico da Subcelebs!



Não é segredo pra ninguém que eu tô viciadérrimo no som da Subcelebs! O quarteto, formado por Alinne Rodrigues, Igor Miná, Nyelsen Bruno e Caike Falcão, me ganhou já na primeira ouvida com as faixas de seu EP de estreia lançado no início do ano (ouça aqui). Apesar de não ser lá o maior conhecedor do cenário musical independente do país, eu nunca tinha ouvido nada parecido (pelo menos não em solo tupiniquim). O som dos fios é bastante experimental, cheio de ruídos e microfonia. Tudo, claro, propositalmente arranjado, uma vez que os integrantes da banda estão longe de ser meros iniciantes. Muito pelo contrário. Dois deles (o Igor e a Alinne, que são casados e tem uma filhinha chamada Penélope ) tem até uma produtora: a Mocker, voltada para a produção e lançamento de novos artistas e bandas. Legal, né?

Com uma pegada alternê, a Subcelebs soa como uma mistura de CSS, Foster The People e Jem e as Hologramas (sim, o desenho!). Liricamente falando, a música deles tem poesia, mas nem por isso deixa de ser coloquial. Parece que você tá conversando com um amigo sobre algum assunto do cotidiano, sabe? Uma das minhas favoritas do EP é "Galera Paia", onde eles falam sobre pessoas incovenientes que adoram meter o nariz onde não foram chamadas: Pense numa galera paia / Essa que cola em mim quando eu saio na rua / Querem dizer tudo que acham / Sobre o que eu faço / Prefiro deixar pra vocês. E se musicalmente eles já são maravilhosos, visualmente eles conseguem ser ainda mais amor. No clipe da faixa em questão, por exemplo, os fios aparecem tocando no meio da sala de casa, como que numa espécie de ensaio aberto, festivo e despretensioso. Ainda bem que eles já são adultos, senão alguém ia ficar de castigo. Assista:



Dando continuidade aos trabalhos de divulgação do EP, a Subcelebs lançou essa semana o clipe de "Corações Avariados", que nada mais é do que um experimento visual onde a banda fez uso de um registro em alta definição de sua apresentação no lançamento do projeto Circuladô que foi regravado com uma câmera digital direto do monitor. O intuito era deixar o vídeo com ares mais noventistas e o resultado deu super certo! Chuviscos, distorções e pixels de montão sem os requintes da pós-produção. Apesar do ano ainda não ter acabado, a Subcelebs já tá com a cabeça em 2017, uma vez que é atração confirmada do Garage Sounds, festival de bandas independentes que acontece no próximo dia 7 de janeiro no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Se eu vou? Para mais informações sobre o evento clique aqui. Para assistir o clipe de "Corações Avariados" se jogue no play abaixo:



Subcelebs na web

domingo, 18 de dezembro de 2016

Kings Of Leon performa "Reverend" na Ellen e lança clipe para "Find Me"!



O Kings Of Leon tá à todo vapor quando o assunto são os trabalhos de divulgação de seu sétimo álbum de inéditas, o Walls, também conhecido como We Are Like Love Songs (ou disco da minha vida ), que chegou aos nossos ouvidos em outubro passado.

Performances na televisão, entrevistas em programas de rádio, shows, festivais e videoclipes não faltaram ao longo desses dois últimos meses. Semana passada, por exemplo, eles marcaram presença no programa da Ellen, onde fizeram uma performance maravilhosa de "Reverend". Confira:



Se tem uma coisa para a qual eu não tenho estrutura é essa banda ao vivo! Já vi duas vezes e quero maaaaais... Ah, e sabe o que eu também quero mais? Clipes! É, porque, tava todo mundo crente que o vídeo de "Reverend" ia sair por esses dias (já tinha até preparado meu videocassete pra gravar), mas acabou que os Reis de Leon liberaram mesmo foi o de "Find Me" (que a gente nem sabia que ia ter).

É, mas, sabe o que é melhor? Ele é uma continuação de "Waste a Moment", onde a gente pode ver alguns dos personagens apresentados no clipe do carro-chefe do disco em meio a uma situação pra lá de caótica: o desaparecimento de meio mundo, incluindo o KOL (😱😱😱), que sequer dá às caras no vídeo (podiam ter filmado no cativeiro, eu não ligava), mas, pra gente não ficar chupando o dedo, rolam alguns registros visuais do quarteto no noticiário local enquanto geral se pergunta onde todo mundo foi parar. Será que foi aqui em casa? . Assista: