28 de abril de 2015

Marcadores: , , , ,

Kiss Off: Hayley Williams, do Paramore, lança webshow sobre moda, beleza e música!



Conhecida primeiramente por seu talento vocal à frente do Paramore, Hayley Williams também chama a atenção pelos seus cabelos coloridos e looks ousados. Agora, a frontwoman da banda quis abrir um espacinho para compartilhar dicas criativas com amantes de moda, beleza e música para tantas mudanças radicais e criativas.

Intitulado Kiss Off!, o webshow de Williams chega com exclusividade ao site Popular Tv e conta com a participação de seu hair e make-up stylist de longa data, Brian J. O'Connor. Em cada episódio, a dupla se baseia em uma inspiração (que geralmente vem de alguma banda ou filme) e fazem o passo a passo da make apresentada, tudo isso de forma bem rápida, fácil e descontraída.

Aliás, democratização é a premissa do programa, já que Hayley não pretende se tornar um exemplo de beauté a ser seguido, mas sim, apenas mostrar para as pessoas mais jovens que a perfeição não é o que faz a beleza e que elas devem conhecer a si mesmas através de suas inspirações e personalidade, como uma forma de auto-expressão. Por enquanto, a produção só possui 2 episódios lançados (o segundo você confere clicando aqui), mas já estamos adorando e ansiosos por mais! Assista: 

Trailer

Ep.01
Marcadores: ,

Em plenos anos 80 e sem internet, Brandon Flowers se mostra um stalker de primeira no clipe de ''Lonely Town''!



Lá pelo final dos anos 80, Brandon Flowers era um garoto pra lá de travesso que tinha como um de seus passatempos favoritos observar (ou, como diria minha vó, curiar) absolutamente tudo que se passava pela vizinhança. Festas de aniversário surpresa, armações via conferência telefônica, discussões familiares. Nada escapava aos olhos e ouvidos pra lá de aguçados dele, que algum tempo depois viria a se tornar o frontman de uma das maiores e melhores bandas de rock de todos os tempos.

É, mas em meio a todas essas espreitadas, Brandon parece ter encontrado algo especial que o inspirou a compor a baladinha new wave "Lonely Town", faixa que assina como terceiro single promocional de seu segundo álbum de inéditas em carreira solo, o The Desired Effect, que chega as lojas no próximo dia 18 de maio pela Universal Music.


★ Buy Lonely Town On iTapes 

Diferente dos tempos atuais, em que você encontra absolutamente tudo que precisa (e até o que não precisa) saber sobre alguém na internet, na década em questão era necessário que você saísse do conforto de seu lar para realizar uma verdadeira pesquisa de campo caso quisesse levantar informações relacionadas aquele carinha do clube que você está afim, desafetos e podres de potenciais inimigas ou mesmo lista de desejos daquele professor que tá louco pra te dar bomba pelo simples prazer de te ferrar.

Como que numa verdadeira representação dessas peripécias voyerísticas de Flowers, o clipe de "Lonely Town" tem como protagonista Penelope Mitchell (a Liv de The Vampire Diaries) que faz as vezes de girl next door, mas só por um final de semana, já que a mesma está por ali apenas para tomar de conta da casa de um casal que precisou fazer uma viagem de última hora e pagou para que ela tomasse conta de tudo.

Sem namorado ou programa agendado com os amigos, a fia resolve ligar o seu walkman no último volume e simplesmente curtir aquele momento de independência (ficar sozinho em casa na década de 80 era um luxo para poucos) sem saber que o pequeno Brandon estava por ali no melhor estilo Ghostface (só eu achei que a qualquer momento o telefone poderia tocar com uma ligação ameaçadora seguida da invasão de um maníaco mascarado com um punhal em mãos?) observando cada um de seus movimentos. Curiosidade, saliência ou simplesmente a necessidade de um garoto solitário em fazer novos amigos? Um pouco de tudo! Confira:


Marcadores: , , ,

Combo Panic! At The Disco: A saída de Spencer Smith + novo single, ''Hallelujah'' + perfomance no Shorty Awards!



O Panic!At The Disco agora é literalmente uma banda de um homem só. O motivo? Após a saída de Ryan Ross e Jon Walker em 2009, Spencer Smith também resolveu abandonar o barco. E visando manter sua sobriedade em dia (o baterista sofre de alcoolismo) decidiu delisgar-se de vez do Panic!, e em abril deste ano deixou Brendon Urie com o título de último membro da formação original e uma escolha nada fácil: seguir em frente com os projetos do antigo quarteto ou sair em carreira solo.

Mas engana-se quem pensa que esse seria o fim da banda. Contrariando todas as expectativas (e com a sorte de ser o líder, guitarrista, compositor e vocalista), Brendon resolveu continuar com o grupo onde iniciou sua carreira, lançando assim, à la Beyoncé (ou seja, do nada), "Hallelujah", single com pegada oitentista + power pop e carro-chefe do quinto álbum de ineditas do P!ATD, que, segundo o próprio, será algo tipo Freddie Mercury encontra Frank Sinatra, mas que por enquanto ainda não possui nome nem data de lançamento. Não deixe o samba morrerrrr ♪


Assim como em "This Is Gospel", a nova canção mostra a forte influência que a religião/ espiritualidade tem sobre a vida de Urie e fala sobre assumir responsabilidades sobre os seus atos e aprender com os erros do passado; e ganhou sua primeira perfomance ao vivo no Shorty Awards há poucos dias, marcando o recomeço da banda, agora já oficialmente sem Spencer mas ainda assim bem Panic! At The Disco. Confira:

26 de abril de 2015

Marcadores: ,

Quase 20 anos depois de ''Torn'', Natalie Imbruglia segue em busca do relacionamento perfeito no clipe de ''Instant Crush''!



Em março passado eu fiquei pra lá de animado com a notícia de que a australiana Natalie Imbruglia, que havia entrado em uma espécie de hiato musical para se dedicar a sua carreira de atriz, finalmente voltaria a ativa com um novo trabalho. Tá, eu não sou lá muito fã da fia, mais por não ter acompanhado a sua trajetória do que por qualquer outra coisa, mas é que, por mais que não sejam muitas, ela tem em seu catálogo algumas canções pra lá de marcantes que eu simplesmente adoro, como, por exemplo, "Torn" (extraído de seu álbum de estreia, o Left Of The Middle de 1997), "That Day" e "Wrong Impression" (ambos do sucessor White Lilies Island de 2001).

Counting Down The Days e Come To Life vieram algum tempo depois (em 2005 e 2009 pra ser exato), e, só agora, seis longos anos depois, Natalie volta a dar as caras com Male, seu quinto álbum de estúdio, que chega as lojas no próximo dia 28 de junho pela Sony Music. E, eu não sei se vocês lembram do penúltimo disco da Anastacia, o It's a Man's World, mas esse novo da Imbruglia chega exatamente com a mesma premissa. Sim, é um álbum só com covers de músicas originalmente interpretadas por artistas masculinos. Com um total de doze faixas, o disco contará com covers de Damian Rice, Josh Pyke, The Cure, e, pra dar início aos trabalhos, Natalie escolheu nada menos que "Instant Crush". Sim, o hino do Daft Punk em parceria com Julian Casablancas do The Strokes.

Assim como no clipe de "Torn" (que, pra quem não sabe, é um cover da banda de rock alternativo Ednaswap), Natalie faz de "Instant Crush" sua mais nova tentativa de viver um relacionamento perfeito. É, mas diferente do vídeo que ilustra o maior hit de sua carreira, onde ela pôde, metaforicamente falando, contar com a ajuda do diretor e de toda sua equipe para que as coisas dessem certo, em "Instant Crush" a cantora, aparentemente, é a única disposta a se sacrificar para que a sua casa continue de pé. Ainda no campo da metáfora, Imbruglia e seu companheiro, que faz as vezes de manequim (sim, aqueles de loja), vivem como uma típica e inexistente família perfeita (tipo aquelas de comercial de margarina, sabe?), que, à vista de todos, pode até ser de encher os olhos, mas por trás conta com uma série de problemas, sendo o maior deles, o desprezo sofrido por ela, mesmo fazendo de absolutamente um tudo para agradar. É, mas uma questão que fez com que eu refletisse e eu gostaria de compartilhar com vocês é: será que de fato ela está sendo desprezada ou simplesmente vivendo numa realidade paralela onde, para ela, aquela seria a verdadeira representação de um relacionamento perfeito? Fica o mistério! Confira:

Marcadores: , , , ,

Adam Lambert faz uma viagem só de ida para o inferno em seu novo single, ''Ghost Town''!



Que preguiça que eu tava do Adam Lambert, gente! Depois de ganhar o meu coração enquanto participante e segundo colocado da oitava temporada do American Idol e fazer com que o meu amor crescesse ainda mais com seu disco de estreia, o For Your Entertainment, o cara resolveu colocar no mercado o pra lá de genérico Trespassing (álbum que equivale ao Britney Jean em sua discografia), fazendo com que o nosso relacionamento de anos fosse por água abaixo.

É, mas parece que essa distância fez um bem danado a ele, tanto que para dar início aos trabalhos de seu novo disco, o The Original High, que chega as lojas no início de junho, o fio parece ter feito uma visitinha a nossa amiga Samara lááááá no fundo do poço (na verdade foi bem mais fundo que isso) em busca de inspiração e voltou com a apocalipticamente subterrânea "Ghost Town".

Composta por Adam em parceria com Sterling Fox ("Shame On Me") e Max Martin ("Blank Space"), a faixa narra uma viagem só de ida para o inferno com direito a muito pop, house e techno, ou seja, já rola atualizar aquela sua playlist com músicas para curtir enquanto o fim do mundo não chega no Spotify: "Morri noite passada em meus sonhos / E andei pelas ruas / De uma antiga cidade fantasma / Eu tentei acreditar / Em Deus e James Dean / Mas Hollywood estava esgotada / Vi todos os santos / Trancarem portões / Que eu não poderia entrar / Andei em meio as chamas / Chamei o seu nome / Mas não houve resposta / E agora eu sei que o meu coração é uma cidade fantasma / Não há mais ninguém no mundo / Sou um forasteiro / Não dou a mínima se eu for cada vez mais para baixo / Eu tenho uma voz em minha mente que continua cantando / Oh, meu coração é uma cidade fantasma". Ouça:


Não tem uma vez que eu ouça essa música que eu não fique todo arrepiado! E olha que eu não sou muito chegado em eletropop não, tá? Mas essa combinação de pop, house e techno, com essa pegada meio faroeste ficou simplesmente maravilhosa. Ansiedade pelo clipe define! Ah, e o álbum, que como já comentei mais acima chega as lojas daqui a pouco mais de um mês pela Warner Music, contará com um total de 14 faixas, dentre elas "Rumors", em parceria com a sueca Tove Lo, e "Lucy", juntamente com Brian May, que, pra quem não sabe, é o guitarrista do Queen, banda com a qual Lambert já vem colaborando desde 2011, quando deram início ao projeto Q+AL, que chega ao Brasil no dia 18 de setembro para abrir com chave de ouro a sexta edição do Rock In Rio Brasil.

17 de abril de 2015

Marcadores: , , , , , , ,

5INCO: Girlbands criadas no reality musical Popstars!



Parece que foi em outra vida, mas fazem apenas treze anos que o Popstars fez a cabeça da galera que sonhava em montar a sua própria girl/boyband por aqui. Criado em 1999, o reality musical foi o responsável pelo descobrimento e ascenção de uma série de grupos formados por meninas e meninos de todo o mundo. Pouco menos de três anos após a sua estreia na Nova Zelândia, o programa ganhou uma versão brasileira produzida pelo SBT que resultou na criação da girlband Rouge, maior, melhor e mais bem sucedido grupo de meninas formado no nosso país. É, mas não foi só por aqui que o Popstars fez e aconteceu quando o assunto é música pop, não. Com versões em vários países do mundo, o reality ajudou não só milhares de moças e rapazes a realizarem o sonho de se tornar uma grande estrela da música, como também movimentaram a indústria fonográfica de uma maneira nunca antes vista. Não acredita? Então confere só a nossa lista com cinco girlbands formadas no programa que simplesmente deram o que falar!

1m. TrueBliss







O TrueBliss foi simplesmente a primeira girlband formada no reality Popstars em sua versão neozelandesa lá em 1999 (e também a primeira do gênero a ter uma integrante plus size ). Com um total de cinco membros, o grupo lançou em maio daquele ano o seu álbum de estreia. Intitulado Dream, o disco contou com um total de três músicas de trabalho. São elas a eletrobaladinha "Tonight", que encabeçou a principal parada de singles neozelandesa (sim, elas foram #1 logo de cara), "Number One", que teve um pico na posição de número 12 e deu nome a turnê de estreia das meninas, e "Freedom", um cover do hino de George Michael, que, infelizmente, não marcou presença em nenhuma parada. Apesar do sucesso do álbum, divergências pessoais e empresariais fizeram com que o grupo encerrasse as suas atividades no ano seguinte, pouco depois de dar início aos trabalhos de seu segundo disco de inéditas. Com o intuito de matar as saudades dos fãs e arrecadar dinheiro para uma instituição voltada para crianças com câncer, o grupo até ensaiou um retorno em 2012 (com direito a música inédita e tudo), mas não foram muito longe e os trabalhos da TrueBliss se encerraram por aí.


2ois. Eden's Crush







Em 2001, a The WB (hoje The CW) americana apostava tanto no formato do reality que promoveu não uma, mas duas temporadas de Popstars no mesmo ano. É, mas enquanto a primeira foi um sucesso absoluto de audiência, a segunda flopou tanto que a Scene 23, girl/boyband vencedora do programa, sequer finalizou seu álbum de estreia, gravando apenas sete faixas que acabaram sendo inclusas no CD com a trilha sonora oficial da última temporada que os Estados Unidos veria do programa. É, mas antes disso, a Eden's Crush, girlband vencedora da primeira temporada, deu o que falar ao colocar o seu single de estreia, "Get Over Yourself (Goodbye)" na posição de número 8 do Hot 100 da Billboard (no Canadá foi número 1). Intitulado Popstars, o álbum do quinteto liderado por Nicole Scherzinger (sim, a do The Pussycat Dolls) recebeu certificado de ouro nos Estados Unidos, vendendo mais de meio milhão de cópias. É, mas o sonho acabou por aí. É que no ano seguinte, enquanto a banda dava início aos trabalhos de divulgação de seu segundo single, "Love This Way", a London-Sire Records, gravadora subsidiária da Warner e responsável pela carreira do grupo, quebrou que apartou, fazendo com que o contrato das meninas fosse cancelado e as atividades do grupo encerradas.


tr3s. Girls Aloud







Apesar de ter ganho a sua primeira versão britânica em 2001, foi em 2002 que o Popstars emplacou de vez no Reino Unido com Os Rivais. Diferente de boa parte de seus franqueados, esta segunda temporada teve não um, mas dois grupos oficiais formados: um de garotos e outro de garotas. O desafio? Emplacar seu single de estreia na posição de número 1 do UK Singles Chart na semana de Natal. Missão impossível para um grupo iniciante? Acho que não, hein! Formados cada um por cinco membros, os grupos One True Voice e Girls Aloud fizeram de absolutamente tudo para chegar ao topo da parada britânica... e conseguiram. É, mas enquanto os meninos da One True Voice venderam pouco mais de 137 mil cópias de seu single duplo "Sacred Trust/After You're Gone" (1, 2), chegando assim a posição de número 2 da parada, as meninas da Girls Aloud ultrapassaram a marca de 200 mil cópias vendidas com "Sound Of The Underground", alcançando a posição de número 1 e vencendo a competição naquela semana. O resto dessa história vocês já conhecem, né? Com um total de cinco álbuns de inéditas, duas coletâneas e vinte e três singles lançados, a Girls Aloud é, foi e continua sendo das maiores e melhores girlbands da Terra da Rainha (e de maior longevidade dentre as já criadas no programa).


qu4tro. Bandana







Pouco antes do Popstars chegar ao Brasil, nossos hermanos argentinos já estavam à procura de garotas talentosas que fugissem total e completamente dos padrões de beleza da época para montar o seu grupo. Valeria, Lissa, Virginia, Lourdes e Ivonne foram as escolhidas, formando assim a Bandana, girlband que simplesmente cruzou as fronteiras do país, estendendo o seu sucesso a praticamente toda a América Latina e, pasmem, Estados Unidos. Pra vocês terem uma noção, o sucesso na Terra do Tio Sam foi tamanho que as meninas alcançaram a posição de número 4 da principal parada de discos americana e, não satisfeitas, ainda estamparam a capa da revista da Billboard, feito inédito para um artista ou grupo argentino. Tendo como carro-chefe a dançante "Guapas", as meninas venderam mais de 1 milhão e meio de cópias de seu álbum de estreia em todo o mundo. Achando tudo isso muito pouco, as fias ainda lançaram o filme Vivir Intentando, no melhor estilo Spice World. Em 2004, depois de três álbuns de inéditas e mais de 16 milhões de cópias vendidas, a Bandana encerrou suas atividades com direito a uma mini-turnê de despedida que mais tarde viria a se tornar o quarto e derradeiro álbum do grupo, Hasta Siempre.


5inco. Rouge







Formado na primeira temporada do Popstars, produzida e exibida no Brasil pelo SBT, o Rouge foi simplesmente a maior, melhor e mais bem sucedida girlband já formada por aqui. Vendendo nada menos que 2 milhões de cópias de seu álbum de estreia em poucas semanas, as meninas colocaram hits como "Não Dá Pra Resistir" e "Ragatanga" no topo de absolutamente todas as paradas. Pouco menos de um ano depois veio o segundo álbum, C'est La Vie, que contou com hits como "Brilha La Luna" e "Um Anjo Veio Me Falar", mas ficou marcado mesmo pela saída de Luciana Andrade, que resolveu deixar o grupo após divergências que a impossibilitavam de colocar suas ideias em prática por meras razões contratuais¹. Sem Luciana, Aline, Fantine, Karin e Patrícia lançaram ainda Blá, Blá, Blá e a coletânea Mil e Uma Noites, que contou com alguns de seus maiores sucessos, além de faixas inéditas. Apesar de boatos que apontavam para o fim do grupo já estarem rolando, a separação precoce do Rouge no final de 2005, mais uma vez por razões contratuais², deixou até mesmo as integrantes perplexas, já que o álbum praticamente não teve divulgação e tampouco turnê, impossibilitando-as de agradecer e se despedir de seus fãs como manda o figurino. Em 2012, quando Rick Bonadio, um dos jurados responsáveis pela formação do grupo no Popstars, resolveu criar o seu próprio reality para montar uma nova girlband, o Rouge até ensaiou um retorno, que rendeu as inéditas "Tudo é Rouge" e "Tudo Outra Vez", mas, infelizmente, por RAZÕES CONTRATUAIS³, as meninas embarraram em uma série de burocracias que tornaram seu retorno inviável.


E aí, curtiram? Direto do túnel do tempo, né gente? Se vocês também conhecem e gostam de outras bandas formadas no programa, comentem aqui embaixo que, dependendo de como esse post se desenrolar, eu posso fazer um outro só com as indicações de vocês. No total, o Popstars já se fez presente em mais de 50 países formando um total de 92 grupos dentre suas várias edições. Cadê o SBT produzindo novas temporadas?

15 de abril de 2015

Marcadores: , , , , , , , , , , , , , , ,

Justin Bieber estrela viral video de ''I Really Like You'' da Carly Rae Jepsen e nós te explicamos porque o novo single da canadense (ainda) não vingou!



Só eu tô achando que tá tudo errado nos trabalhos de divulgação da nova música da Carly Rae Jepsen? Lançada há pouco mais de um mês, "I Really Like You", que tinha absolutamente tudo para se tornar um grande sucesso, recebeu, sim, uma enxurrada de críticas positivas, mas simplesmente não caiu nas graças do público, fazendo com que a música venha amargando sucessivas quedas no Hot 100 da Billboard (onde já estreou mal, na posição de número 48), perigando, inclusive, não se fazer mais presente na próxima atualização da parada.

- Ué, mas se a música é tão boa porque ela não para de cair? Por causa de uma coisinha chamada planejamento de marketing, ou melhor, pela ausência dele. Tudo bem que Carlinha e sua equipe estejam super atentos ao hype das músicas e álbuns lançados de maneira inesperada, mas, para se dar ao luxo de ver seu lançamento surpresa emplacar, você vai precisar de bem mais que dois álbuns de inéditas e um único hit. Artistas como Beyoncé e Taylor Swift tiveram que ralar muito antes de se aventurarem por essas bandas e isso serve para absolutamente todo mundo.

Com uma estratégia de divulgação maçante, "I Really Like You" teve single, vídeo com letra e videoclipe liberados em pouco mais de duas semanas (isso sem falar nas performances pra tv), fazendo com que a faixa, por mais legal que fosse, beirasse o insuportável poucos dias após o seu lançamento. Tá certo que a divulgação é a alma do negócio, mas, mesmo para uma estrela da música pop (e acho que especialmente para elas) é interessante que, durante esse período de grande exposição, haja um tempinho para descanso da imagem (até porque ninguém merece acordar todo dia com um clipe/vídeo com letra/viral da mesma música do mesmo artista). Logo abaixo vocês podem conferir o cronograma apertadíssimo de divulgação da faixa que, até o presente momento, não deu certo, e, logo depois, uma opção que poderia ter sido bem mais viável com um espaço de tempo de três semanas entre cada novo material divulgado.

Deu errado: 2/3 Single | 6/3 Clipe | 17/3 Vídeo com letra | 14/4 Viral vídeo

Daria certo: 2/3 Single + Viral vídeo | 23/3 Vídeo com letra | 13/4 Clipe

Vocês notaram que ambos os cronogramas dividem praticamente o mesmo espaço de tempo? Então, a única diferença é que na opção que nós demos rolou um intervalo bacana para que as pessoas pudessem curtir cada lançamento ao invés de simplesmente serem bombardeadas por eles. Ah, e no nosso cronograma single e viral são lançados no mesmo dia, até porque esse tipo de vídeo se torna bem mais interessante quando é divulgado com o intuito de apresentar a música e não de salvá-la de um fracasso que já vem se desencadeando desde o primeiro momento. E enquanto a Carly parece já ter desistido do single (tanto que já lançou a baladinha "All That"), Justin Bieber, como bom amigo que é (mentira, ele só quer limpar sua imagem), pegou sua câmera, reuniu uma galera e colocou todo mundo pra cantar e dançar a música da fia como que numa última tentativa de fazer esse single emplacar. Se vai dar certo ou não, eu não sei. Só espero que a Carly abra o olho e really, really, really, really, really, really leia esse post e se atente as nossas dicas para que o E·MO·TION, seu terceiro álbum de inéditas que chegas as lojas em junho, também não seja prejudicado por uma mera questão estratégica.

13 de abril de 2015

Marcadores: ,

Brandon Flowers é uma vítima conformada do controle de sua parceira no clipe de ''Still Want You''!



Além de nós, sabe quem também tá animadíssimo com a chegada do novo álbum de inéditas do Brandon Flowers? Isso, ele mesmo! Tanto que, pouco mais de uma semana depois de lançar o clipe de seu carro-chefe, "Can't Deny My Love", o vocalista do The Killers nos agraciou com um vídeo pra lá de gracinha para "Still Want You", faixa que assina como countdown single oficial para a chegada do disco, que tem seu lançamento agendado para o próximo dia 18 de maio pela Island, Mercury, Universal e Vertigo (as inimigas que lançam por uma gravadora só, meus sentimentos).

Com uma sonoridade retrô, a faixa, que tem sua composição assinada por Flowers e créditos de produção divididos com Ariel Rechtshaid ("Hey There Delilah", "Living For Love"), soa como uma versão modernizada dos hinos gospel do século passado, em especial devido a presença do teclado eletrônico, que aqui soa como um legítimo órgão de tubos, além de seus vocais de apoio femininos pra lá de marcantes.

Diferente de "Can't Deny My Love", que teve como principal premissa a infidelidade, "Still Want You" correlaciona questionamentos que nos assombram quando resolvemos nos aventurar em uma vida a dois (como, por exemplo, o controle exercido pela parceira) com alguns dos principais problemas que o nosso planeta tem enfrentado nos últimos tempos: O tempo está passando / Ainda te quero / Os crimes estão em ascensão / Ainda te quero / A mudança de clima e as dívidas / Ainda te quero / A aflição nuclear / Ainda te quero / A terra está aquecendo / Ainda te quero / O furacão de pensamentos / Ainda te quero / Ainda mais do que queria antes.

Dirigido por Warren Fu ("Just Another Girl", "Lose Yourself To Dance"), o clipe todo em preto e branco traz Brandon em meio a reflexões enquanto permeia por entre nuances de sua personalidade. A partir de uma perspectiva mais pop e extrovertida, Flowers brinca com o domínio exercido por sua parceira em diferentes momentos do vídeo. Representada por mãos com unhas pra lá de bem feitas, Ms. Flowers é quem diz o que e quando Brandon pode ver, ouvir, falar e até agir. É, mas todas essas regrinhas chegam envoltas a muito cuidado, carinho e amor, fazendo com que o cara sequer cogite a possibilidade de se ver longe daquelas mãos tão afáveis. Assista:


22 de março de 2015

Marcadores: , , , , , , , , , , , , , ,

#PromoOfTheWeekEspecial: Aniversário de CINCO ANOS do Data Clipe!


"O aniversário é nosso mas o presente é de vocês!" CAFOOOOONA

O gerente ficou maluco? Não, fui eu mesmo! Também pudera, né gente? Cinco anos não são cinco dias e essa semana o Data Clipe comemora nada menos que MEIA DÉCADA no ar. Dá pra acreditar? Não, né? Só pra constar isso foi uma pergunta retórica, tá? Até porque a resposta é não mesmo!

E, nesse momento de muita reflexão, mas também festividade e comemoração para celebrar tudo que a gente conquistou ao longo desses cinco anos (ABSOLUTAMENTE NADA), resolvemos presentear os grandes responsáveis por estarmos de 2010 até hoje fazendo o que nós fazemos de melhor (ABSOLUTAMENTE NADA²) na internet: Bill Gates e Steve Jobs. Mentira, são vocês mesmo!

Óbvio que nós preferíamos ir até a casa de cada um pessoalmente munidos de um buquê de flores para tomar uma deliciosa xícara de café, mas como a nossa agenda tem andado cada vez mais lotada (ABSOLUTAMENTE NADA³) resolvemos selecionar alguns bens materiais para presentear vocês. Até porque, bens materiais valem bem mais que a nossa presença, não é mesmo?

E como o assunto por aqui sempre foi, sempre vai ser e sempre será (que é o mesmo que sempre vai ser) música, nada melhor que celebrarmos essa data tão especial com uma edição extraordinária do nosso #PromoOfTheWeek tendo como lembrancinhas dessa grande festa nada menos que a logo do blog feita de gesso DEZ (sim, eu disse dez e você leu dez) CDs de alguns dos nossos artistas favoritos de música pop, gentilmente cedidos pelos nossos amigos da Universal e Sony Music. Chora nessa lista:

Ariana Grande - My Everything (Deluxe)
Austin Mahone - The Secret
Dulce María - Sin Fronteras
Divergente - Trilha Sonora Original do Filme
Jessie J - Sweet Talker (Deluxe)
Katy Perry - Prism (Deluxe)
Ke$ha - Warrior (Deluxe)
MC Gui - O Bonde é Seu (Ao Vivo)
Miley Cyrus - Bangerz (Deluxe) [Dispomos de duas unidades caso não queira o do MC Gui]
R5 - Louder [Dispomos de duas unidades caso não queira o do MC Gui]

Como, diferente da galera que resolveu sair de casa pra protestar pelo cancelamento de suas viagens internacionais devido a alta do dólar nas últimas semanas, nós acreditamos na democracia, perguntamos pra vocês nas nossas redes sociais qual seria a mecânica ideal para essa promoção. E, provando que estamos exatamente na mesma sintonia, vocês escolheram a que iríamos colocar de qualquer jeito independente da opinião de vocês (rs).

Logo, teremos DEZ GANHADORES nessa edição de aniversário do nosso #PromoOfTheWeek (cinco no Facebook e cinco no Twitter), fazendo com que eu ligue amanhã mesmo para os Correios para saber se eles tem algum interesse em patrocinar essa promoção. Apesar de ser diferente em termos de quantidade (até porque é a primeira vez que teremos tantos ganhadores), a mecânica original de participação continua a mesma, e, pra concorrer, é mais fácil que ligar pra alguma confeitaria da minha cidade, encomendar (E PAGAR!) um Kit Festa com bolo confeitado, um cento de salgados e dois litros de refrigerante e enviar para a nossa Caixa Postal.

Para participar no Twitter:

Siga o perfil do @DataClipe no Twitter.

Tweet a frase: "#FelizAniversárioDataClipe! Agora me dá um desses 10 CDs aí (menos o do MC Gui) http://sorteia.eu/bXe".

Para participar no Facebook:

Curta a página do Data Clipe no Facebook:



Curta e compartilhe a imagem promocional em modo público:

http://goo.gl/uqq0Cv

Clique no link a seguir e logo em seguida em Quero Participar:

http://goo.gl/zKtjgg

E pronto, você já está concorrendo! Logo após o sorteio, os nomes dos ganhadores serão colocados na boca do sapo em uma urna para que possamos ordenar a escolha dos prêmios. Ah, e vale lembrar que por aqui não tem essa de território nacional. Se você é leitor do Data Clipe e tem residência fixa em qualquer parte do planeta basta se jogar nos passos acima e cruzar os dedos. A desclassificação se dará apenas para o participante que não seguir fielmente cada uma das etapas de participação acima (e que não tiver acessado o blog diariamente ao longo desses cinco anos). O sorteio acontece no sábado (28). Boa sorte!

PROMOÇÃO ENCERRADA!

Prepara o coração que acabou de sair a lista com os ganhadores! Começando pelo Twitter. São eles: @RebecaSantosdoN@mattcabelloo@startkaty, @MigueldeSouza e @kissmefarmiga (https://sorteia.eu/bXe+). Já no Facebook quem se deu bem foi Cláudia Machado Ribeiro, Weverton Mota, Diego Alves, Vinícius Nunes e Gabriel Franco Boechat (https://sorteiefb.com.br/resultado?id=2oEL). Parabéns! Se você foi um dos ganhadores nos envie um e-mail para dataclipe@gmail.com com seu nome e endereço completos e pelo menos três opções de CDs dentre as que estão disponíveis por ordem de preferência.

O Data Clipe realiza seus sorteios através dos aplicativos Sorteia.eu e Sorteie.me.