segunda-feira, 22 de julho de 2019

Dido dá uma amostra de sua turnê, que passa pelo Brasil em novembro, no clipe de "Friends"!



Se tem uma artista que, independente do tempo que ela passe sumida, vai continuar na nossa mente, é a Dido. Dona de hits memoráveis, como "Thank You", "White Flag" e "No Freedom", a inglesa, que faz, pasmem, 48 anos em 2019, lançou em março passado seu quinto álbum de inéditas, o Still On My Mind (daí o trocadilho), que já nos agraciou com vários hininhos, como "Hurricanes", "Give You Up" e "Take You Home", e chega agora com sua mais nova música de trabalho, "Friends".

E pra uma artista que já tem aí seus 20 anos de carreira, quais seriam os amigos ideais para serem convidados para um registro visual como esse? Isso mesmo! Seus fãs. Tanto que, no clipe de "Friends", Dido aproveita recortes de sua mais recente turnê, que passa pelo Brasil em novembro, para ilustrar essa relação tão próxima que ela tem com a galera que já a acompanha há nada menos que duas décadas. Se liga:



Maravilhosa, né? É, mas a amizade fica só na metáfora videoclíptica diretamente associada ao título da música, tá? Porque a letra é, na verdade, um chega pra lá muito do bem dado naqueles famosos ex-costos: Não venha chorando pra mim / Não tente novamente / Não importa como eu esteja me sentindo / Não diga que somos amigos / Porque eu não lembro mais de nada / Que nós costumávamos ser / Eu não lembro como eu me sentia / Não diga que somos amigos. Porque ex bom é ex morto, né mores?

Além do Still On My Mind, a Dido também lançou esse ano um EP de remixes em comemoração ao aniversário do No Angel, seu álbum de estreia, que completa 20 anos em 2019. Um adendo maravilhoso ao No Angel - The Remixes, lançado aqui no Brasil em 2002, época em que "My Lover's Gone" bombou nas rádios graças a sua adição na trilha da novela O Clone. Ouve aí!

sexta-feira, 8 de março de 2019

Não é não para Mariah Carey (e todas as mulheres do mundo) no clipe de "A No No"!



Coincidência ou não, Mariah Carey lançou exatamente no Dia Internacional da Mulher o clipe de seu mais novo single, "A No No", uma canção que fala sobre um relacionamento que já deu o que tinha que dar e segundas chances que nunca virão. Porque quando ela diz que não, é não e ponto final.

Com uma pegada toda urbana, divertida e colorida, Mimi, seus filhos (❤️) e uma galera, que a gente acredita ser os bailarinos da sua Caution World Tour, que começa no próximo dia 27 de fevereiro, aparecem em um metrô fazendo a festa ao som da faixa.

"A No No" chega com a missão de dar aquele gás, não só para as vendas dos ingressos da turnê, mas também do álbum Caution, que conseguiu um ótimo pico na Billboard 200, alcançando a posição de número #5, além, claro, de se tornar o próximo hit da Mimi em escala mundial. Assista ao clipe:

sábado, 27 de outubro de 2018

Shawn Mendes recria cenas icônicas do filme Encontros e Desencontros em seu novo clipe "Lost in Japan"!



O que você faria se encontrasse o Shawn Mendes dentro de um elevador? A nossa resposta (e a de 99% das pessoas) é obvia: nós daríamos muito mole pra ele! E foi isso que a atriz Alisha Boe, de Os 13 Porquês, fez em "Lost in Japan", novo clipe do muso, que conta com um remix especial feito pelo dj Zedd, amigo de longa data do cantor.

Dirigindo por Jay Martin ("There's Nothing Holdin' Me Back" e "In My Blood"), o vídeo para nós é o melhor clipe da carreira do Shawn até agora, pois, além de abordar lado mais maduro e cômico dele, faz um tributo ao premiado filme Lost In Translation (Encontros e Desencontros, para nós tupiniquins) da Sofia Coppola, em uma produção pra ninguém botar defeito!

Nela, o cantor aparenta estar bem solitário (o que é a cena do chuveiro minha gente?), e no meio disso acaba se envolvendo brevemente com a personagem de Alisha, que como não poderia deixar de ser, também usa a peruca icônica que Scarlett Johansson usou no longa de 2003! Um deleite para cinéfilos saudosistas de plantão, que assim como nós, tenho certeza que vai ficar comparando as cenas enquanto assiste essa gracinha videoclíptica! Confira:

terça-feira, 2 de outubro de 2018

5INCO: Coisas que você precisa saber sobre "5", o novo EP do Rouge!



5inco. Número da sorte
A gente não precisa ir muito longe pra entender o porque do primeiro EP da carreira do Rouge ter ganhado o título de "5". Esse é o registro que marca o retorno do grupo enquanto quinteto após a saída de Luciana Andrade, lá em 2004. Além disso, o extended play conta com um total de cinco faixas. Pra ficar melhor, só faltava ele ser lançado no dia 5 desse mês, mas as meninas escolheram o dia 8 para liberar o material.

qu4tro. Só as inéditas!
O atual single da girlband, "Dona da Minha Vida", foi lançado há pouco mais de um mês e tem conquistado não só os fãs do grupo, mas também aqueles que se indentificam com o discurso empoderador que elas têm apresentado desde que voltaram a ativa. Além dele, outras quatro faixas, até então inéditas, se fazem presentes no registro.

tr3s. Sucessão do trono
Apesar de ser o primeiro EP já lançado pelo Rouge, "5" é o quinto na ordem de sucessão de seus registros de inéditas. São eles "Rouge" (2002), "C'est La Vie" (2003), "Blá Blá Blá" (2004) e "Mil e Uma Noites" (2005).

2ois. Elas por elas!
Para este novo projeto, que é o primeiro onde as meninas têm total controle do processo criativo, elas escolheram trabalhar com vários nomes da música nacional e internacional. O cantor Jão, por exemplo, fez parte do time que ajudou a conceber "Dona da Minha Vida". Além dele, recentemente o Rouge se reuniu com o compositor inglês Eliot Kennedy, responsável pela versão original de várias músicas do grupo, como "Um Anjo Veio me Falar", "1000 Segredos" e "Deve Ser Amor", fazendo com que se expeculasse uma possível participação dele dentre as faixas presentes no registro.

1m. E o álbum, vem?
Antes mesmo da notícia ser confirmada através das redes sociais do Rouge, a integrante Li Martins informou que além do EP, também podemos esperar um novo álbum de inéditas do Rouge ainda este ano. Só vem!

terça-feira, 24 de julho de 2018

#DCA: Billie Eilish, a cantora de 16 anos que é a nova sensação do electropop + seu novo single "You Should See Me In A Crown"!



Tá procurando uma cantora nova pra amar? Então se joga no Data Clipe Apresenta de hoje que a gente quer que você conheça a Billie Eilish, uma americana de apenas 16 anos que tem uma voz doce e faz parte da nova geração do electropop, com músicas autorais que vão desde baladinhas ultra sentimentais às batidas eletrônicas de qualidade. Se você já conhece, ótimo, então pula pros comentários e joga a sua favorita lá, mas caso ainda não conheça, é só continuar lendo. Aposto que no primeiro single você já vai gostar.

Billie Eilish Pirate Baird O'Connell, ou apenas Billie Eilish, vem de uma família de atores e músicos, e aos 11 começou a cantar e escrever suas próprias composições. Seu primeiro single "Ocean Eyes", foi lançado em 2016 e logo se tornou um sucesso viral, alcançando mais de 87 milhões de streamings no Spotify. Ela inclusive, lançou duas versões de clipe para esta música, sendo uma coreografada, a fim de mostrar o seu lado mais performático, pois além de cantora e compositora, ela também é dançarina, ok?
 

Depois do sucesso de "Ocean Eyes", Billie apostou no single "Bellyache", co-escrita e produzida por seu irmão Finneas O'Connell, parceiro em outras composições dela também. Aliás, foi com essa que eu a conheci, através das recomendações do Youtube, e logo o clipe e a sonoridade da música me chamaram bastante atenção. Ps.: não se deixe enganar com o início calminho, pois a música dá uma reviravolta no refrão, confira:



Com "Bellyache", Billie definitivamente entrou no radar dos peixes grandes, e a prova disso foi o convite que recebeu para encabeçar a trilha sonora de nada menos que o seriado bombadinho da Netflix, o 13 Reasons Why, onde ela cedeu para a 1° temporada a música  "Bored", e fazendo a dobradinha na 2° com "Lovely", faixa que leva a participação de outra sensação do momento, o cantor Khalid. "Lovely" além de belíssima (e sofrida), fez a estreia de Billie no Hot 100 da Billboard alcançando a 78° posição. Nada mal para uma iniciante, né?
 

Se você gostou do som até agora, saiba que o debut album da fia está previsto para sair em meados de 2019, pela gravadora Intercope, mas enquanto isso você pode conferir os EPs dela já lançados no Spotify. A plataforma inclusive, foi a escolhida para receber o clipe vertical de "You Should See Me In a Crown" seu mais novo (e poderoso) single. Confira: