quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

VAZOU: "Marry The Night", Novo Clipe da Lady Gaga!


Assim como "Judas", que caiu na web antes da hora, "Marry The Night", novo clipe de Lady Gaga que também caiu na web antes da hora, bombou loucamente nas redes sociais. Especialmente no twitter, onde além do nome de LG, várias outras tags e hashtags hitaram desde o momento do vazamento do clipe, que rolou lá por volta das 20h.

Sem nenhum maior detalhe divulgado, "Marry The Night" causou espanto à primeira vista. Motivo: O clipe tem mais de 13 minutos de duração, sendos destes, 8 minutos de uma introdução paradona, toda trabalhada naqueles estranhismos estranhamente legais da Gaga, que todo mundo fala mal(inclusive a gente), mas que todos adora! Ainda na intro pudemos conferir uma Gaga que toca piano com os peitos de fora, que quebra tudo dentro de casa com os peitos de fora, e pra chocar totalmente a sociedade, tivemos acesso também a uma Gaga nunca antes vista, que além de todas as chocantes atitudes mencionadas anteriormente, fala no telefone com os peitos de fora! Como Gaga é amiga e nunca perde a oportunidade de ajudar seus mais chegados, ela aproveitou o lançamento de seu mais novo clipe para divulgar a marca de cereal matinal de um de seus amiguetes tomando banho com eles, além de também fazer um freela pra Biocolor numa cena em que ela pinta o cabelo na banheira enquanto, adivinha, está com os peitos de fora.

Depois de toda essa introdução "peitoral", Gaga aparece toda retorcida em cima de um carro em chamas (Aquele da capa do single) que é onde (Glória, glória, aleluia!) a música finalmente se joga no play! O clipe começa nessa hora pra mim. Gaga tá gostosa, tá vadia, tá poderosa, tá MONSTRUOSA, de uma maneira boa, é claro. Logo em seguida vamos para o estúdio de dança (Aquele do teaser que caiu na web esses dias) onde temos aquela coreografia bafo, que é de lei nos clipes de Germinha, seguida de várias outras cenas frenéticas de dança finalizadas por um momento MTV Cribs, onde Gaga mostra um pouco de sua casa, não a atual, mas sim a que ela vai morar na eternidade, vide a última foto do mosaico desse post. Num aparato geral, "Marry The Night" pode ser considerada legalzinha, sendo que mais da metade do clipe é totalmente inútil(Não tô falando da arte e sim do conteúdo. Ficou parecendo um desfile onde você só vê tendências, porém nada que seja utilizado na realidade), não superando nenhum dos últimos lançamentos da Mother Monster, MAS, ainda assim, fecha com chave de ouro a era Born This Way... em 2011!