terça-feira, 8 de dezembro de 2015

[+18] 3OH!3 conta a história de um cara com pênis gigante no clipe de ''My Dick''!



Enquanto alguns artistas cantam sobre os seus orgãos genitais de maneira implícita, como a Khia em "My Neck My Back", outros não fazem muita questão de mascarar a temática de suas canções, colocando o enredo central da faixa diretamente no título. Foi assim com o rapper Mickey Avalon em "My Dick", foi assim como o Macklemore em "Penis Song" e é assim novamente com os caras do 3OH!3, que repetiram o título da canção do primeiro rapper em questão para celebrar o tamanho de seu documento nessa música, que chega como uma primeira amostra de seu quinto, e ainda não intitulado, álbum de inéditas.

É, mas se você pensa que essa é a primeira vez que eles tratam desse assunto de maneira mais explícita, se enganam. O single "Touchin On My", extraído de seu terceiro disco de inéditas, o Streets Of Gold, por exemplo, já contava com uma temática pra lá de safadinha, onde os meninos falavam sobre uma mulher com a qual eles mantinham relações sexuais após as suas apresentações: Garota, eu tenho que ir / O show já terminou / E se você quiser transar comigo eu não vou dizer não / Tocando no meu (pênis) / Enquanto eu toco na sua (vagina) / Você sabe que vamos (transar) / Porque eu não dou a (mínima).

Dirigido por Tony Yacenda, o clipe de "My Dick", que tinha tudo pra chegar com uma pegada celebrativa, envolta a muito sexo, nudez e safadeza, trata, na verdade, sobre uma deficiência que assola milhares de homens no mundo inteiro: o gigantismo peniano. Tá, não existem tantos homens no mundo sofrendo com esse problema, mas ele existe, tá? E eu não recomendo que vocês pesquisem esse termo no Google, porque eu joguei só pra confirmar se ele era, de fato, real e apareceram umas imagens que, muito certamente, não conseguirei tirar da cabeça tão cedo.

Contando a dramática história de Drew Gubbins, um pacato americano que, aparentemente, sofre por ter um pênis não só com um tamanho, como com uma circunferência, digamos, bem acima da média, o vídeo, que chega com uma pegada toda inspirada naqueles programas de televisão que acompanham o dia a dia de pessoas que passam por uma série de problemas com o intuito de aumentar seus índices de audiência fazendo uma abordagem toda trabalhada no sensacionalismo acerca da vida das mesmas, mostra um pouco da rotina do cara, que, depois de vivenciar momentos de muita solidão por ter um pênis tão grande, acaba tendo um desfecho um tanto quanto surpreendente quando, meio que por acaso, acaba tendo uma ejaculação. Confira: